Mick Jagger, vocalista do Rolling Stones, no elenco do thriller “The Burnt Orange Heresy”

Mick Jagger no elenco do filme The Burnt Orange Heresy

Mick Jagger, vocalista do Rolling Stones, vai por temporariamente a música de lado para dar um saltinho até ao grande ecrã. Segundo o portal Variety, o cantor, compositor e e também ator britânico foi adicionado ao elenco de “The Burnt Orange Heresy”, um filme de assalto que será dirigido por Giuseppe Capotondi (A Hora Dupla), juntando-se aos protagonistas, Claes Bang (O Quadrado) e Elizabeth Debicki (Evereste).

Scott B. Smith escreveu o guião deste thriller neo-noir, adaptado do romance homónimo de Charles Willeford, publicado originalmente em 1971, que colocará Jagger, um dos vocalistas mais populares e influentes da história do Rock & Roll, como o britânico Joseph Cassidy, um colecionador de arte.

Situado na Itália atual, o filme segue James Figueras (Bang), um sedutor crítico de arte que inicia um romance com Berenice Hollis (Debicki). Os novos amantes viajam para uma propriedade luxuosa e opulenta de Cassidy, situada no Lago Como. Durante a estadia, Cassidy oferece a Figueras um contrato sedutor: roubar a nova obra de arte do artista Debney para a sua coleção pessoal.

Enquanto passam o tempo com o lendário Debney, o casal começa a perceber que nada sobre o artista e a sua missão é o que parece. Mas, James é um homem ambicioso e perigoso, e fará qualquer coisa – chantagem, incêndio criminoso, roubo e até assassinato – para promover a sua carreira.

As filmagens vão começar ainda este mês em Itália, para ser lançado nos cinemas numa data de 2019.

Artigos relacionados