Morreu o realizador português Manoel de Oliveira

manoel_de_oliveira

Morreu hoje com 106 anos, o realizador português Manoel de Oliveira.

Nascido a 11 de Dezembro de 1908, na freguesia de Cedofeita, no Porto, era até esta data, o cineasta mais velho do mundo em atividade, registando no seu currículo mais de 40 filmes.

O seu primeiro trabalho foi a curta ‘Douro, Faina Fluvial’ em 1932, iniciando-se nas longas-metragens com ‘Aniki Bóbó’ (1942), seguindo-se obras como ‘Acto da Primavera’ (1963), ‘Non’, ou A Vã Glória de Mandar’ (1990), ‘A Divina Comédia’ (1991), ‘Belle Toujours’ (2006), ‘Singularidades de uma Rapariga Loura’ (2009), ‘O Estranho Caso de Angélica’ (2010) e ‘O Gebo e a Sombra’ (2012).

Recentemente a curta ‘O Velho do Restelo’ de 2014, baseado no episódio de Os Lusíadas de Camões, no qual um ancião critica a ambição dos portugueses exploradores, teve estreia mundial no Festival de Veneza, sendo depois exibida em Lisboa e no Porto, no dia em que comemorou os 106 anos.

Artigos relacionados