“Mulher Maravilha 1984” pode ser adiado e até ser lançado na HBO Max

Mulher Maravilha 1984 pode ser adiado

Depois de vários adiamentos devido à pandemia, a estreia de “Mulher Maravilha 1984” (Wonder Woman 1984), marcada para o dia de Natal, está a entrar numa fase decisiva, com os executivos da Warner Bros. Pictures a equacionarem algumas opções para o lançamento do filme de super-heróis.

Segundo o site Bloomberg, um dos cenários passa por adiar novamente a estreia para o verão de 2021, mantendo o tradicional lançamento cinematográfico, ou, caso mantenha a data atual, o filme será exibido num número restrito de salas de cinema e em janeiro de 2021 lançado na HBO Max.

No terceiro trimestre, a WarnerMedia relatou que HBO Max tem 8,6 milhões de assinantes ativos, e o lançamento de um grande filme de super-heróis, logo após o Natal, pode estimular a inscrição de novos clientes. Juntas, a HBO e a HBO Max têm 38 milhões de clientes nos EUA e 57 milhões em todo o mundo.

O estúdio esperava que a sequela de “Mulher Maravilha”, que arrecadou a nível mundial mais de US$ 820 milhõe, fosse um dos seus sucessos do verão, com as estimativas de receitas a ultrapassarem os mil milhões de dólares, mas o crescente aumento de número de casos de Covid-19 obrigou a WB e os restantes estúdios a reescreveram o seu manual.

Seja qual for a decisão, que deve ser anunciada brevemente, “Mulher Maravilha 1984” vai passar pelos cinemas, seja em lançamento limitado ou em grande escala.

Artigos relacionados