“Na Penumbra”: Drama de Sharunas Bartas sobre a invasão soviética da Lituânia

Na próxima quinta-feira, 7 de julho, chega aos cinemas portugueses o drama “Na Penumbra” (In the Dusk), um filme antibelicista realizado por Sharunas Bartas, que dá a conhecer ao mundo e recordar aos próprios lituanos o horror do sofrimento produzido pela invasão soviética à Lituânia.

Após a vitória dos Aliados na Segunda Guerra Mundial, a União Soviética voltou a ocupar a Lituânia, um país independente desde 1918. O exército soviético reprimiu ferozmente a resistência, invadindo aldeias e cidades, detendo e torturando os seus habitantes, e confiscando todos os seus bens, tal como também está a acontecer com a Rússia na Ucrânia.

A história do filme passa-se em 1948, numa altura em que a guerra acabou, mas o país ficou em ruínas. Nesse cenário, Untė (Marius Povilas Martynenko), um rapaz de 19 anos, junta-se ao grupo partidário da resistência contra a ocupação soviética. Ambos os lados não lutam em igualdade de condições, mas a luta desesperada determinará o futuro de toda a população.

A meio de uma aprendizagem vital, o jovem descobre a violência e a traição. As linhas dissolvem-se entre a paixão ardente da sua juventude e a causa pela qual luta. Untė empregará todas as suas energias com entusiasmo fervoroso, mesmo que isso signifique perder a sua inocência.

No filme, Bartas dá mais importância às cenas dos cidadão que ao exército invasor, apresentando poucas cenas da guerra, preferindo destacar os sentimentos, sofrimentos e a as vidas cotodianas das vítimas, o povo lituano.

“Na Penumbra” é uma das boas opções para ver num cinema perto de si. Assista ao trailer legendado.

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados