Netflix deu luz verde para a segunda temporada de “Rabo de Peixe”

Através das redes sociais, a Netflix Portugal anunciou esta quinta-feira, 15 de junho, que a série portuguesa de sucesso “Rabo de Peixe” foi renovada para uma segunda temporada.

A produção da Ukbar Filmes, realizada por Augusto Fraga e Patrícia Sequeira, foi a segunda série nacional inteiramente filmada em Portugal, na sua maior parte nos Açores, lançada na Netflix. A série estreou estreou no dia 26 de maio e depressa conquistou os subscritores do serviço de streaming. Na semana de 29 de maio a 4 de junho, “Rabo de Peixe” alcançou o sétimo lugar no top 10 mundial das audiências.

Foto/Divulgação: © Ukbar Filmes

Livremente inspirada em factos reais, a série, descrita como um “thriller com toques de humor sarcástico”,conta a história de um grupo de amigos cuja vida muda quando se deparam com uma tonelada de cocaína que deu à costa açoriana. Será uma história repleta de “voltas e reviravoltas”, com “muito humor à mistura, paixão, sobrevivência”, em que o grupo terá de lidar não só com os traficantes como com a polícia.

Esta série original de sete episódios conta no elenco principal com José Condessa, Helena Caldeira, Rodrigo Tomás, Afonso Pimentel, Pêpê Rapazote, André Leitão, Albano Jerónimo, Maria João Bastos, Kelly Bailey, Rodrigo Tomás, Adriano Carvalho e Salvador Martinha.

Eis a sinopse oficial da primeira temporada:

“Nada acontece na pequena localidade açoriana de Rabo de Peixe, até que uma tonelada de cocaína chega à costa, mudando por completo a vida dos seus habitantes. Eduardo, um jovem pescador, e os seus melhores amigos improvisam um negócio com o que chega do Oceano Atlântico. Mas, uma tonelada de cocaína não passa despercebida e os nossos protagonistas irão enfrentar os donos desta droga, a polícia e uma série de personagens imprevisíveis numa aventura perigosa e sem retorno.”

Quer ficar a par de todas as novidades de cinema e televisão? Siga-nos nas redes sociais e não se esqueça de deixar um “like”!

Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e no Google Notícias. Pode ainda assistir aos trailers legendados no Youtube.

Artigos relacionados