Netflix prepara série documental sobre o caótico Woodstock 1999

Netflix prepara série documental sobre Woodstock 99

A Netflix está a desenvolver uma série documental sobre o desastroso e caótico festival de música Woodstock 1999, um evento projetado para celebrar o 30º aniversário do festival original realizado em 1969, que terminou num caos absoluto.

De acordo com fontes do Deadline, o projeto será produzido pela Raw, que também esteve envolvida na série “Don’t F**k with Cats”, e a BBH Entertainment, e abordará a história real por detrás de como “três dias de paz, amor e música” foram destruídos pelas chamas.

Apresentando imagens de arquivo inéditas e testemunhos de pessoas nos bastidores, nos palcos e do público, a série tem como objetivo contar a história não contada de um momento musical marcante que moldou a paisagem cultural para uma geração.

E se Woodstock 69 é recordado como um festival pela paz, a união e o amor pela música, a edição de 99 evoca violência, caos e destruição. Realizado entre os dias 22 e 25 de Julho, em Rome, Nova Iorque, o evento atraiu mais de 400.000 pessoas para assistirem aos concertos de bandas como Metallica, The Offspring, Korn, Chemical Brothers, Red Hot Chilli Peppers, Rage Aganist the Machine, Jamiroquai, Limp Bizkit, Kid Rock, Bush ou DMX.

Imagem do festival Woodstock 1999

O calor abrasador, as condições deploráveis, e os preços exorbitantes da comida e da água , levou a uma crescente onda de insatisfação e fúria entre o público.Mas o pior ficou reservado para o último dia, durante o concerto dos Red Hot Chili Peppers para encerramento do festival. A organização tinha distribuído velas para que as pessoas acendessem e criassem uma atmosfera de “vigília” durante a performance do clássico “Under The Bridge”.

O caos instalou-se quando a banda começou a tocar um cover de Jimi Hendrix, “Fire Fire”, com muitos dos presentes a utilizarem as velas para criarem focos de incêndio, dando origem a uma vaga de violência, assaltos e motins, incluindo várias alegações de agressão sexual, terminando com dezenas de detenões e milhares de feridos. O evento foi transmitido na íntegra e em direto pela MTV.

A Netflix também tem disponível no seu catálogo um documentário sobre outro festival de música, o Fyre, anunciado como uma experiência musical de luxo numa ilha privada e exclusiva, mas que não chegou a realizar-se e que será sempre recordado como a maior fraude dos últimos tempos. “FYRE: O Grande Evento que Nunca Aconteceu” foi nomeada para 4 Emmys.

Neste vídeo pode assistir a algumas das cenas que ocorreram no Woodstock 99.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *