Netflix vai produzir o live-action do manga japonês ‘Death Note’

Death Note_remake_netflix

A Netflix adquiriu os direitos para produzir a adaptação live-action do manga japonês ‘Death Note’, superando as propostas da Lionsgate e a STX Entertainment, que também estavam interessadas no projeto.

O estúdio vai manter os planos iniciais que a Warner Bros. Pictures tinha em desenvolvimento (era a detentora dos direitos), mantendo Adam Wingard na realização deste remake americano, uma vez que, já tinha sido feita uma adaptação da história no Japão.

Nat Wolff (Cidades de Papel) e Margaret Qualley (Bons Rapazes), também contratados pela WB para protagonistas, continuam no projeto, o mesmo acontecendo com Jeremy Slater, autor do guião, baseado nos três primeiros livros da série criada por Tsugumi Ohba e ilustrada por Takeshi Obata.

Desta vez, a história vai decorrer numa cidade dos EUA e irá acompanhar Light Yagami (Wolff), um estudante que descobre um misterioso caderno sobrenatural chamado “Death Note”. Atrás do caderno havia instruções sobre a sua utilização, onde dizia que se escrevesse o nome de uma pessoa e a visualizasse, ela morreria. Com a crescente onda de mortes inexplicáveis, um famoso detetive particular, conhecido apenas como “L”, assume as investigações. É então que começará um jogo psicológico entre eles.

As filmagens vão começar brevemente, mas ainda não foi especificada uma data para a estreia.

Artigos relacionados