“Nomadland” venceu os principais prémios da 93ª edição dos Óscares

Vencedores da 93ª edição dos Óscares

Realizou-se na noite deste domingo (25), já madrugada em Portugal, a cerimónia de entrega dos prémios da 93.ª edição dos Óscares, um evento promovido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood para distinguir o melhor da indústria cinematográfica do último ano.

Na maior noite dos prémios de Hollywood do ano mais estranho do cinema, “Nomadland – Sobreviver na América” confirmou o favoritismo que lhe foi atribuído ao longo da temporada de prémios e conquistou os principais prémios, Melhor Filme e Melhor Realização (Chloé Zhao).

Nas categorias de interpretação, os prémios foram para Anthony Hopkins (O Pai), a segunda estatueta aos 84 anos, e para Frances McDormand (Nomadland: Sobreviver na América), o seu terceiro Óscar. Nos papéis secundários, as estatuetas douradas foram para Daniel Kaluuya (Judas e o Messias Negro) e para a veterana atriz sul-coreana Yuh-Jung Youn (Minari) que aos 74 anos conquistou o primeiro Óscar da sua carreira.

Como esperado, “Soul – Uma Aventura com Alma” levou o Óscar de Melhor Animação e “Mais Uma Rodada“, de Thomas Vinterberg, com Mads Mikkelsen, venceu a estatueta de Melhor Filme Internacional.

Confira a lista completa de vencedores:

MELHOR FILME
VENCEDOR – “Nomadland: Sobreviver na América”
– “O Pai”
– “Judas e o Messias Negro”
– “Mank”
– “Minari”
– “Uma Miúda com Potencial”
– “O Som do Metal”
– “Os 7 de Chicago”

MELHOR REALIZAÇÃO
VENCEDOR – Chloé Zhao (Nomadland: Sobreviver na América)
– Thomas Vinterberg (Mais Uma Rodada)
– David Fincher (Mank)
– Lee Isaac Chung (Minari)
– Emerald Fennell (Uma Miúda com Potencial)

MELHOR ATOR
VENCEDOR – Anthony Hopkins (O Pai)
– Riz Ahmed (O Som do Metal)
– Chadwick Boseman (Ma Rainey: A Mãe do Blues)
– Gary Oldman (Mank)
– Steven Yeun (Minari)

MELHOR ATRIZ
VENCEDORA – Frances McDormand (Nomadland: Sobreviver na América)
– Viola Davis (Ma Rainey: A Mãe do Blues)
– Andra Day (Estados Unidos vs Billie Holiday)
– Vanessa Kirby (Pieces of a Woman)
– Carey Mulligan (Uma Miúda com Potencial)

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO
VENCEDOR – Daniel Kaluuya (Judas e o Messias Negro)
– Sacha Baron Cohen (Os 7 de Chicago)
– Leslie Odom, Jr. (Uma Noite em Miami…)
– Paul Raci (O Som do Metal)
– LaKeith Stanfield (Judas e o Messias Negro)

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA
VENCEDORA – Yuh-Jung Youn (Minari)
– Maria Bakalova (Borat, o Filme Seguinte)
– Glenn Close (Lamento de uma América em Ruínas)
– Olivia Colman (O Pai)
– Amanda Seyfried (Mank)

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL
VENCEDOR – “Uma Miúda com Potencial”
– “Judas e o Messias Negro”
– “Minari”
– “O Som do Metal”
– “Os 7 de Chicago”

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO
VENCEDOR – “O Pai”
– “Borat, o Filme Seguinte”
– “Nomadland: Sobreviver na América”
– “Uma Noite em Miami…”
– “The White Tiger”

MELHOR FILME ANIMAÇÃO
VENCEDOR – “Soul – Uma Aventura com Alma”
– “Bora Lá”
– “Para Além da Lua”
– “A Ovelha Choné O Filme – A Quinta Contra-Ataca”
– “Wolfwalkers”

MELHOR FILME INTERNACIONAL
VENCEDOR – “Mais Uma Rodada” (Dinamarca)
– “Better Days” (Hong Kong)
– “Collective” (Roménia)
– “The Man Who Sold His Skin” (Tunísia)
– “Quo Vadis, Aida?” (Bósnia e Herzegovina)

MELHOR DOCUMENTÁRIO
VENCEDOR – “My Octopus Teacher”
– “Collective”
– “Crip Camp”
– “The Mole Agent”
– “Time”

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
VENCEDOR – “Mank”
– “O Pai”
– “Ma Rainey: A Mãe do Blues”
– “Notícias do Mundo”
– “Tenet”

MELHOR FOTOGRAFIA
VENCEDOR – “Mank”
– “Judas e o Messias Negro”
– “Notícias do Mundo”
– “Nomadland: Sobreviver na América”
– “Os 7 de Chicago”

MELHOR GUARDA ROUPA
VENCEDOR – “Ma Rainey: A Mãe do Blues”
– “Emma”
– “Mank”
– “Mulan”
– “Pinocchio”

MELHOR MONTAGEM
VENCEDOR – “O Som do Metal”
– “O Pai”
– “Nomadland: Sobreviver na América”
– “Uma Miúda com Potencial”
– “Os 7 de Chicago”

MELHOR MAQUILHAGEM E PENTEADOS
VENCEDOR – “Ma Rainey: A Mãe do Blues”
– “Emma”
– “Lamento de uma América em Ruínas”
– “O Único e Incomparável Ivan”
– “Pinocchio”

MELHOR BANDA SONORA ORIGINAL
VENCEDOR – “Soul – Uma Aventura com Alma”
– “Da 5 Bloods: Irmãos de Armas”
– “Mank”
– “Minari”
– “Notícias do Mun

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
VENCEDOR – “Judas e o Messias Negro”
– “Os 7 de Chicago”
– “Festival Eurovisão da Canção: A História dos Fire Saga”
– “Uma Vida à Sua Frente”
– “Uma Noite em Miami…”

MELHOR SOM
VENCEDOR – “O Som do Metal”
– “Missão Greyhound”
– “Mank”
– “Notícias do Mundo”
– “Soul – Uma Aventura com Alma”

MELHORES EFEITOS VISUAIS
VENCEDOR – “Tenet”
– “Love and Monsters”
– “O Céu da Meia-Noite”
– “Mulan”
– “O Único e Incomparável Ivan”

MELHOR CURTA-METRAGEM ANIMAÇÃO
VENCEDORA – “If Anything Happens I Love You”
– “Burrow”
– “Genius Loci”
– “Opera”
– “Yes-People”

MELHOR CURTA-METRAGEM LIVE-ACTION
VENCEDORA – “Two Distant Strangers”
– “Feeling Through”
– “The Letter Room”
– “The Present”
– “White Eye”

MELHOR CURTA-METRAGEM DOCUMENTÁRIO
VENCEDORA – “Colette”
– “A Concertos is a Conversation”
– “Do Not Split”
– “Hunger Ward”
– “A Love Song For Latasha”

Artigos relacionados