“O Bom Patrão” foi o grande vencedor da 36ª edição dos Prémios Goya

Decorreu na noite do passado sábado (12) no Palacio de las Artes de Valencia, a gala da 36ª edição dos Prémios Goya, organizada pela Academia de las Artes y las Ciencias Cinematográficas de España, para anunciar os vencedores dos prémios popularmente designados como os “Óscares” do cinema espanhol.

Depois de ter batido o recorde de nomeações (20) da história dos Goya, “O Bom Patrão“, de Fernando León de Aranoa, justificou o seu favoritismo e foi o filme mais premiado da noite ao vencer em seis categorias, incluindo Melhor Filme, Melhor Realização e Melhor Ator (Javier Bardem).

Las Leyes de la Frontera” arrecadou cinco galardões, enquanto que “Maixabel” e “Mediterráneo” conseguiram três cada um. O grande derrotado foi o mais recente filme de Pedro Almodóvar, “Mães Paralelas“, protagonizado por Penélope Cruz, que saiu da cerimónia sem qualquer prémio.

Mais Uma Rodada“, de Thomas Vinterberg, foi eleito o Melhor Filme Europeu, e “A Cordiheira dos Sonhos“, um documentário de Patricio Guzmán, levou para casa o Goya de Melhor Filme Ibero-Americano.

Confira a lista completa de vencedores:

MELHOR FILME
VENCEDOR – “O Bom Patrão”
– “Maixabel”
– “Mães Paralelas”
– “Mediterráneo”
– “Libertad”

MELHOR REALIZADOR
VENCEDOR – Fernando León de Aranoa por “O Bom Patrão”
– Icíar Bollaín por “Maixabel”
– Pedro Almodóvar por “Mães Paralelas”
– Manuel Martín Cuenca por “La Hija”

MELHOR REALIZADOR EM ESTREIA
VENCEDOR – Clara Roquet por “Libertad”
– David Martín de los Santos por “La Vida Era Eso”
– Javier Marco por “Josefina”
– Carol Rodríguez Colás por “Chavalas”

MELHOR ATOR
VENCEDOR – Javier Bardem por “O Bom Patrão”
– Luis Tosar por “Maixabel”
– Eduard Fernández por “Mediterráneo”
– Javier Gutiérrez por “La Hija”

MELHOR ATRIZ
VENCEDORA – Blanca Portillo por “Maixabel”
– Penélope Cruz por “Mães Paralelas”
– Petra Martínez por “La Vida Era Eso”
– Emma Suárez por “Josefina”

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO
VENCEDOR – Urko Olazábal por “Maixabel”
– Manolo Solo por “O Bom Patrão”
– Celso Bugallo por “O Bom Patrão”
– Fernando Albizu por “O Bom Patrão”

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA
VENCEDORA – Nora Navas por “Libertad”
– Aitana Sánchez-Gijón por “Mães Paralelas”
– Milena Smit por “Mães Paralelas”
– Sonia Almarcha por “O Bom Patrão”

ATOR REVELAÇÃO
VENCEDOR – Chechu Salgado por “Las Leyes de la Frontera”
– Óscar de la Fuente por “O Bom Patrão”
– Tarik Rmili por “O Bom Patrão”
– Jorge Motos por “Lucas”

ATRIZ REVELAÇÃO
VENCEDORA – María Cerezuela por “Maixabel”
– Nicolle Garcia por “Libertad”
– Almudena Amor por “O Bom Patrão”
– Ángela Cervantes por “Chavalas”

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL
VENCEDOR – “O Bom Patrão”
– “Maixabel”
– “Libertad”
– “Tres”

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO
VENCEDOR – “Las Leyes de la Frontera”
– “Pan de Limón con Semillas de Amapola”
– “El Vientre del Mar”
– “Ama”

MELHOR DOCUMENTÁRIO
VENCEDOR – “Quién lo Impide”
– “El Retorno”
– “Héroes”
– “Un Blues Para Teherán”

MELHOR FILME ANIMAÇÃO
VENCEDOR – “Valentina”
– “Gora Automatikoa”
– “Mironins”
– “Salvar el Árbol”

MELHOR FILME IBERO-AMERICANO
VENCEDOR – “A Cordiheira dos Sonhos”
– “Canción Sin Nombre”
– “Las Siamesas”
– “Los Lobos”

MELHOR FILME EUROPEU
VENCEDOR – “Mais Uma Rodada”
– “Adeus, Idiotas
– “I’m Your Man”
– “Uma Miúda com Potencial

MELHOR CURTA-METRAGEM (Ficção)
VENCEDORA – “Tótem Loba”
– “Farrucas”
– “Mindanao”
– “Votamos”
– “Yalla”

MELHOR CURTA-METRAGEM (Documentário)
VENCEDORA – “Mama”
– “Dajla: Cine y Olvido”
– “Figurante”
– “Ulisses”

MELHOR CURTA-METRAGEM (Animação)
VENCEDORA – “The Monkey”
– “Nacer”
– “Proceso de Selección”
– “Umbrellas”

MELHOR DIREÇÃO DE PRODUÇÃO
VENCEDOR – “Mediterráneo”
– “El Amor en su Lugar”
– “O Bom Patrão”
– “Maixabel”
– “Álbum de Posguerra”

MELHOR BANDA SONORA
VENCEDORA – “O Bom Patrão”
– “La Abuela”
– “Maixabel”
– “Mediterráneo”

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
VENCEDORA – “Mediterráneo”
– “El Cover”
– “Las Leyes de la Frontera”

MELHOR SOM
VENCEDORA – “Tres”
– “O Bom Patrão”
– “Mães Paralelas”
– “Maixabel”

MELHOR FOTOGRAFIA
VENCEDOR – “Mediterráneo”
– “O Bom Patrão”
– “Libertad”
– “Mães Paralelas”

MELHOR MONTAGEM
VENCEDOR – “O Bom Patrão”
– “Bajocero”
– “Josefina”
– “Maixabel”

MELHOR DIREÇÃO ARTÍSTICA
VENCEDOR – “Las Leyes de la Frontera”
– “Mães Paralelas”
– “O Bom Patrão”
– “Maixabel”

MELHOR GUARDA-ROUPA
VENCEDOR – “Las Leyes de la Frontera”
– “El Amor en su Lugar”
– “O Bom Patrão”
– “Maixabel”

MELHOR MAQUILHAGEM & CABELO
VENCEDOR – “Las Leyes de la Frontera”
– “O Bom Patrão”
– “Libertad”
– “Maixabel”

MELHORES EFEITOS VISUAIS
VENCEDOR – “Assalto à Casa-Forte
– “O Bom Patrão”
– “La Abuela”
– “Mediterráneo”

Artigos relacionados