“O Comissário Montalbano”: RTP2 estreia esta tarde uma nova temporada

RTP2 estreia temporada 14 de O Comissário Montalbano

A série “O Comissário Montalbano” (Il Commissario Montalbano), um dos maiores sucessos da televisão italiana e uma das mais populares da RTP2, está de regresso ao canal para uma nova temporada.

Os dois novos episódios da 14ª temporada vão ser exibidos neste fim de semana, o primeiro neste sábado (3), às 15:15h, e o segundo no domingo (4), a partir das 14:50h, conforme indicado na programação da RTP2.

Baseada nos romances policiais de Andrea Camilleri, a série, que começou a ser emitida em 1999 no canal italiano RAI2, passando em 2002 para a RAI1, tem como protagonista o comissário Salvo Montalbano, interpretado por Luca Zingaretti, o comissário da polícia da imaginária cidade siciliana de Vigata, que em cada episódio, com histórias independentes, investiga vários crimes. Graças à sua profunda intuição e forte perspicácia investigativa, Montalbano sempre consegue farejar a pista certa e resolver todos os mistérios.

Responsável e sério no trabalho, muitas vezes também aberto e gentil com as pessoas em quem confia, Montalbano conta com a ajuda da sua equipa,que inclui o subcomissário Domenico ‘Mimì’ Augello (Cesare Bocci), um incorrigível mulherengo, o inspetor-chefe Giuseppe Fazio (Peppino Mazzotta), sério e zeloso, o imprudente agente Galluzzo ( Davide Lo Verde) e o desajeitado faz-tudo agente Agatino Catarella (Angelo Russo).

Fora da esquadra, entre os amigos mais confiáveis, confidentes e às vezes colaboradores não oficiais estão Ingrid Sjöström (Isabell Sollman), uma bela sueca que há muito tempo se mudou para Vigata, o jornalista de investigação Nicolò Zito (Roberto Nobile) e os filhos indisciplinados de Adelina (Ketty Governali), a sua cozinheira. Na sua esfera privada, Montalvano mantém uma relação à distância com a genovesa Livia Burlando (Sonia Bergamasco), com quem mantém uma relação por vezes turbulenta, mas em que o amor prevalece sempre.

No primeiro episódio desta temporada, com o título original “Salvo Amato, Livia Mia”, uma jovem é brutalmente assassinada com um martelo na cabeça. O corpo espancado foi encontrado no arquivo municipal, onde costumava trabalhar, um local onde não deveria estar, pois foi fechado para remodelações. Então o que estava a fazer lá? Um enigma que o comissário vai ter de resolver para encontrar o culpado.

No segundo, “La Rete di Protezione”, existem muitas histórias intrigantes em paralelo, que começam com a rodagem de uma série para a televisão sueca. Enquanto isso, ao remexer no sotão da sua casa, o engenheiro Ernesto Sabatello descobre filmes em super 8. Mas o que intriga o detetive é que são sempre rodados no mesmo dia sempre a mesma cena. Mas há algo mais profundo e escuro esperando para ser descoberto, quando dois homens encapuzados invadem a escola onde o filho do subcomissário Mimi estuda.

Artigos relacionados