“O Frágil Som do meu Motor”: RTP2 exibe o thriller psicológico de Leonardo António

RTP2 estreia o filme O Frágil Som do meu Motor

Para o serão deste sábado, 3 de julho, às 23:15h, a RTP2 incluiu na sua programação mais uma produção nacional, o thriller psicológico “O Frágil Som do meu Motor“, um filme com cerca de duas horas de duração, escrito e realizado por Leonardo António, e com protagonismo de Alexandra Rocha, Gustavo Vargas, João Villas-Boas e Rui Luís Brás.

A trama acompanha Gabriela (Alexandra), uma enfermeira na Unidade de Queimados de um hospital, e Pedro (Vargas), o marido, um ex-polícia, reformado antes do tempo devido a um terrível acidente, um tiroteio que o deixou paraplégico. Com um casamento em declínio, Gabriela começa a receber cartas de um admirador secreto com quem acaba por ter uma relação extraconjugal assente numa fantasia: em todos os encontros Gabriela está de olhos vendados e desconhece a identidade do amante.

Vítor Guerra (Villas-Boas), um investigador da polícia, que foi colega de Pedro, está a trabalhar num misterioso caso de assassinatos em série, em que as vítimas, todas mulheres, são queimadas por alguém que, meses antes, as engravida. No hospital, Gabriela cuida da única sobrevivente desses ataques, e Vítor pede à enfermeira não só para tentar estar presente quando a mulher despertar do coma, mas também para olhar por outro paciente internado na mesma unidade: um homem parcialmente queimado, e com uma aparente perturbação psicológica (Brás), tido como um dos principais suspeitos.

Imagem do filme O Frágil Som do meu Motor

Mas à medida que as investigações se desenvolvem, Gabriela começa a desconfiar que o seu amante poderá ser o verdadeiro responsável pelos crimes.

Assista ao trailer e fique a conhecer um pouco mais o filme.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *