O homem por trás da lenda. RTP2 estreia esta noite a série “De Gaulle – Prestígio e Intimidade”

RTP2 estreia a série De Gaulle - Prestígio e Intimidade

A RTP2 estreia na noite desta quarta-feira, 7 de julho, às 22:00h, a minissérie “De Gaulle – Prestígio e Intimidade” (De Gaulle, L´Éclat et Le Secret), um drama biográfico histórico francês realizado por François Velle, com protagonismo de Samuel Labarthe, Constance Dollé e Christopher Craig.

Ambientada em 1940, a série acompanha o general Charles de Gaulle (Labarthe) que vê a liderança do seu amado país ceder à pressão dos invasores nazis. Mas isso não é uma opção para ele, não pode pôr em perigo a vida da sua amada mulher Yvonne (Dollé) e dos filhos, especialmente a doce e inocente Anne. Este é o momento em que De Gaulle decide seguir um caminho diferente. Juntando-se ao primeiro-ministro britânico Winston Churchill (Craig), planeia lutar. Daí nascerá uma amizade duradoura, quando De Gaulle conduz a França Livre à vitória contra os nazis.

Todos conhecem Charles de Gaulle: General da Resistência que se recusou ceder à derrota, político, visionário, libertador, pacificador, estratega, construtor de uma nação em ruínas. Mas quem foi realmente Charles de Gaulle? O que o fez mover e dedicar a vida ao país? Como era em privado? Qual o papel da família?

O episódio de estreia leva-nos até Junho de 1940. O general de Gaulle é enviado a Londres para negociar com Churchill a união da França e do Reino Unido. Quando a França pede um armistício, De Gaulle lança na rádio um pedido para que a luta continue. Pouco tempo depois, Yvonne de Gaulle e os seus filhos chegam a Londres. Mas no dia 3 de julho, a Marinha Real ataca a frota francesa no porto de Mers el-Kébir no norte da África…

Em seis episódios, emitidos de segunda-a sexta-feira, sempre no mesmo horário, “De Gaulle – Prestígio e Intimidade” dá a conhecer o homem por trás da lenda, um retato do estadista que levanta o véu sobre uma personalidade modestamente escondida atrás da estátua do herói.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *