“O Inexplicável”: Novos episódios a partir deste domingo no canal História

Canal História estreia a série O Inexplicável

O Inexplicável“, série de não ficção em que Wlliam Shatner explora os mistérios mais fascinantes, estranhos e indecifráveis do mundo, está de regresso em exclusivo ao Canal História, com novos episódios todos os domingos de junho e julho, pelas 22:15h.

Com a participação de cientistas, historiadores e testemunhos em primeira mão, a série dá possíveis respostas a eventos aparentemente impossíveis tais como: A Maldição de Oak Island, um mistério de mais de 200 anos, que os irmãos Rick e Marty Lagina têm por resolver, Profecias Negras, Civilizações Perdidas, Seitas Mortíferas, entre outros.

Apresentado e produzido pelo ator William Shatner, conhecido pelo seu icónico papel nos anos 60 como capitão Kirk em “Star Trek”, vencedor de um Globo de Ouro e de um Emmy.

Conheça as datas de todos os episódios de “O Inexplicável”:

07 de junho – “A Maldição de Oak Island”

Poderá um fantástico tesouro ter sido enterrado há séculos numa pequena ilha no Atlântico Norte? E, a existir, quem o enterrou? Há mais de 200 anos que caçadores de tesouros chegam Oak Island em busca de uma fortuna que, até agora, ninguém encontrou, e que já custou a vida a seis deles. Será que, como diz a lenda, o tesouro está protegido por uma maldição?

14 de junho – “Profecias Negras”

Profetas modernos, premonições catastróficas, sonhos com futuros crimes…. Poderão certas pessoas realmente prever o futuro? E, a ser verdade, poderemos usar esses conhecimentos para evitar eventos mortíferos que nos esperem? Ou será o futuro um mistério insondável em constante mudança?

21 de junho – “Civilizações Perdidas”

Cidades abandonadas, culturas ancestrais praticamente apagadas pelo tempo, e impérios colossais que simplesmente desapareceram sem deixar rasto. Como se “perde” uma civilização? O que poderia levar povos outrora prósperos a simplesmente abandonar as suas grandes cidades para nunca mais voltar? Poderão os conhecimentos científicos atuais ajudar-nos a responder às perguntas relativas a estas civilizações perdidas? Ou algo de mais misterioso se passará?

28 de junho – “Seitas Mortíferas”

Danças mortíferas, mestres da manipulação, suicídios em massa, homicídios… Muitas as seitas mais mortíferas do mundo aventuraram-se por caminhos perigosos de ideologias tenebrosas, convencendo os seus membros a matar – outros ou a si próprios. Farão estes grupos sinistros algum sentido? Ou permanecerão as estranhas forças por detrás tais seitas mortíferas… inexplicáveis?

5 de julho – “Mistérios Climáticos”

Uma casa que escapa por um triz à rota de um tornado, chuva que cai do céu qual sangue, e relâmpagos que nos seguem… até casa. O mundo está cheio de estranhos e misteriosos fenómenos climáticos para os quais continuamos sem resposta. Serão o simples resultado de anomalias científicas? Ou poderá haver uma estranha força espiritual envolvida?

12 de julho – “Pedras Misteriosas”

Um meteorito milagroso que cai dos céus, uma pedra preciosa com uma maldição, e um pedaço de arenito considerado tão sagrado que se travaram guerras para o proteger. Ao longo da História, muitos foram os que insistiram que simples pedras podem fazer tudo – desde escolher um rei a provocar a morte. O que terão certas rochas e pedras que levam alguns a venerá-las?

19 de julho -“Vampiros e Lobisomens”

Drácula, Licáon da Arcádia, a besta de Gévaudan… Estes são nomes de monstros grotescos que se ergueram para aterrorizar a História – criaturas sobrenaturais que, segundo as lendas, se alimentavam de sangue e carne humana. Os vampiros e lobisomens são monstros humanos, criaturas da noite… mas serão mesmo reais?

26 de julho – “Animais Incríveis”

Um cão capaz de detetar cancro mais depressa do que médicos com equipamento sofisticado, um cavalo que nos lê a mente, e aves que pressentem catástrofes dias antes de elas acontecerem. O que confere aos animais esses poderes extraordinários? Gostamos de pensar que somos o topo da cadeia evolutiva, mas… e se estivermos errados?

Artigos relacionados