“O.J. & Nicole: An American Tragedy” estreia esta noite no canal ID

Canal ID estreia O.J. and Nicole An American Tragedy

O ID, o canal de crime real exclusivo da NOS (posição 74), estreia esta sexta-feira, dia 5 de fevereiro, às 22:00h, a série”O.J. & Nicole: An American Tragedy” que explora explora a história por detrás da relação tumultuosa entre O.J. Simpson e a sua mulher, Nicole Brown Simpson, vinte e cinco anos após a absolvição da antiga estrela de futebol americano.

Neste especial de investigação do ID – Investigation Discovery são reveladas ao público pela primeira vez notas e passagens do diário de Nicole, que espelham o clima de violência doméstica em que vivia. Os relatos explícitos e duros de ouvir são lidos pela própria irmã da vítima, Tanya Brown, que narra uma outra versão da história deixada para trás, ilustrada com fotografias e vídeos nunca antes vistos da família Brown.

As entradas do diário incluem mais de 60 incidentes de agressões durante a complicada relação com O.J. Simpson. Nicole revela ter sido brutalmente espancada pela primeira vez em 1978 num quarto de hotel a socos e pontapés durante várias horas. Ao longo de 16 anos sofreu múltiplas agressões, humilhações e ameaças.

Numa das cenas do documentário, Tanya faz uma revelação importante sobre o objetivo da irmã em manter um diário tão atualizado. “Talvez ela soubesse que este seria o seu destino e talvez inconscientemente soubesse que algo lhe iria acontecer. Talvez por essa razão mantinha um diário tão atualizado e extremamente detalhado.”

Conhecemos ainda reflexões exclusivas de amigos do casal, advogados, polícias, jornalistas e figuras próximas de Nicole. É o caso de Ron Shipp, antigo polícia e amigo do casal que apresenta um testemunho importante no documentário. “Não há um dia que passe em que não pense na Nicole e no O.J. Foram tempos maravilhosos aqueles que estive com ambos. Às vezes custa-me acreditar que isto aconteceu. Às vezes, tenho flashes da imagem dela, de a ver deitada numa poça de sangue. Nunca vou conseguir esquecer essa imagem.”

O.J. Simpson construiu uma carreira de sucesso como jogador de futebol americano na década de 70. Nos anos 90, a fama cresceu e tornou-se global, mas não graças ao futebol. O atleta e também ator foi julgado pelo duplo homicídio da ex-mulher, Nicole Brown, e de Ronald Goldman, amigo desta, em Brentwood, em 1994. O mediático julgamento terminou com a sua absolvição em 1995.

Artigos relacionados