“O Poder do Cão”: Aclamado filme de Jane Campion estreia nos cinemas a 3 de março

Depois de ser lançado na Netflix em dezembro do ano passado, o western romântico “O Poder do Cão” (The Power of the Dog), o aclamado filme da realizadora neozelandesa Jane Campion, vai estrear nas salas de cinema nacionais selecionadas no dia 3 de março.

Distinguido com mais de 20 prémios nesta temporada de prémios, “O Poder do Cão”, com Benedict Cumberbatch no papel principal, foi o filme mais nomeado para a edição dos Óscares deste ano e que poderá dar à Netflix o seu primeiro Óscar de Melhor Filme. Além desta categoria, o filme também recebeu mais 11 nomeções: Melhor Realização, Melhor Ator (Cumberbatch), Melhor Ator Secundário (Jesse Plemons e Kodi Smith-McPhee), Melhor Atriz Secundária (Kirsten Dunst), Melhor Argumento Adaptado, Melhor Fotografia, Melhor Montagem, Melhor Banda Sonora Original, Melhor Production Design e Melhor Som.

O filme acompanha Phil Burbank (Cumberbatch), um homem de aspeto grave, olhos pálidos, bem parecido e brutalmente sedutor. Todo o romance, poder e fragilidade de Phil está aprisionado no passado e na terra.

O ano é 1925. Os irmãos Burbank são ricos fazendeiros ricos do Montana. No restaurante Red Mill, a caminho do mercado, os irmãos conhecem Rose (Kirsten Dunst), a proprietária viúva, e o seu impressionável filho Peter (Smit-McPhee). Phil comporta-se de forma tão cruel que os leva ambos às lágrimas, divertindo-se com a sua dor e estimulando os companheiros a rir – todos excepto o seu irmão George (Plemons), que conforta Rose e depois regressa para casar com ela.

Enquanto Phil balança entre a fúria e a astúcia, o seu zombar de Rose toma uma forma assustadora. O desprezo por Peter é ainda mais evidente e amplificado pelo aplauso dos cowboys de Phil. É então que Phil parece tomar o rapaz sob a sua asa protetora. Será este gesto uma genuína prova de súbita bondade, ou um enredo que ameaça torna-se ainda mais terrível?

Assista ao trailer legendado.

Artigos relacionados