“O Retrato de Dorian Gray”: Nova adaptação vai ser dirigida por St. Vincent

A cantora Anne Erin “Annie” Clark, conhecida pelo seu nome artístico St. Vincent, vai estrear-se na realização de longas-metragens com a nova adaptação de “O Retrato de Dorian Gray”, o único romance das várias obras de Oscar Wilde, um influente escritor, poeta e dramaturgo britânico de origem irlandesa.

A única experiência de St. Vincent atrás das câmaras foi a curta-metragem de terror “The Birthday Party”, um segmento do filme “XX”, que foi exibido este ano no conceituado Festival de Sundance. Como cantora, venceu em 2015 um Grammy pelo álbum “St. Vincent”.

O guião será da responsabilidade de David Birke (Ela), mas desta vez, o projeto da Lionsgate terá no papel principal uma mulher, que assim, verá o seu retrato envelhecer, enquanto ela permanece permanentemente jovem.

A história, escrita em 1890, tornou-se um clássico e chegou pela primeira vez ao cinema em 1910 e desde então, a obra foi adaptada várias vezes, a última em 2009, dirigida por Oliver Parker e Ben Barnes no papel de Dorian Grey.

Artigos relacionados