“Operação Resgate na Tailândia”: Documentário já tem data de estreia no Disney+

Filme Operação Resgate na Tailândia estreia no Disney Plus

Operação Resgate na Tailândia” (The Rescue), o premiado documentário da National Geographic sobre o milagroso resgate de uma equipa de futebol juvenil numa caverna subaquática, já tem data para estrear no Disney+. Em comunicado, o serviço de streaming anunciou que o filme dos realizadores Elizabeth Chai Vasarhelyi e Jimmy Chin ficará disponível no dia 31 de dezembro.

Depois da estreia na edição de 2021 do Festival de Cinema de Telluride, onde obteve muito boas críticas, o filme foi exibido em vários festivais internacionais tendo arrecadado vários prémios. A estreia em cinema teve lugar no dia 8 de outubro de 2021, e é um dos três documentários a ultrapassar a marca do milhão de dólares em vendas de bilheteira este ano.

No verão de 2018, aquilo que seria uma saída curta depois de um treino de futebol tornar-se-ia numa saga pela sobrevivência, com a duração de duas semanas, e numa história que muito rapidamente captaria a atenção do mundo. As chuvas das monções encurralariam doze rapazes e o respetivo treinador numa gruta labiríntica no norte da Tailândia, e, em poucos dias, milhares de pessoas deslocar-se-iam à área para tentar ajudar. Mas estariam os rapazes vivos? O ambiente era de muita expectativa e angústia até serem encontrados, presos numa cavidade em total escuridão a dois quilómetros da entrada da gruta. O desafio que se seguiu — imediato, óbvio e confuso — foi: como tirá-los dali?

“Operação Resgate na Tailândia” conta, de forma dramática e emocionante, a história de um dos resgates mais perigosos e extraordinários dos tempos modernos. Com entrevistas exclusivas e um acervo riquíssimo de material inédito, o filme leva-nos até à famigerada gruta, destaca os esforços levados a cabo pelos Navy Seal tailandeses (a marinha tailandesa) e as Forças Especiais dos EUA, bem como conta, ao pormenor, os riscos audaciosos que os especialistas de mergulho em grutas correram para retirar os rapazes em segurança.

O filme mantém os espetadores presos à história, dando a conhecer o mundo de alto risco do mergulho em grutas, a coragem e compaixão fora de série das equipas de salvamento e a humanidade partilhada da comunidade internacional que se uniu para salvar os rapazes. À semelhança do que fizeram nos seus filmes anteriores, “Free Solo” e “Meru”, Vasarhelyi e Chin documentam uma façanha extraordinariamente arriscada do ponto de vista físico, e revelam os pormenores daquele que parecia ser um resgate impossível.

Artigos relacionados