“Pantera Negra”: Ryan Coogler disse que o seu filme é o “James Bond da Marvel”

Numa nova ação promocional de “Pantera Negra” (Black Panther), o realizador Ryan Coogler disse numa entrevista à Total Film que este seu novo trabalho é o James Bond do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU).

Coogler falou sobre o teor da sua primeira conversa com a Marvel Studios a respeito do filme e das intenções do estúdio em querer que esta versão a solo de T’Challa (Chadwick Boseman), o Rei de Wakanda, fosse uma versão do famoso agente secreto.

“Quando comecei a conversar com a Marvel, uma coisa que interessava era que Pantera Negra fosse a sua versão de James Bond, o que achei de imediato que era algo incrivelmente interessante e emocionante. Era uma forma ‘fora da caixa’ de olhar para T’Challa. Existem alguns filmes de Bond que eu gosto muito, e isso, foi uma oportunidade para ver outros.”, disse o realizador.

Embora a comparação a um filme de James Bond possa parecer estranha, Coogler explicou que T’Challa tem um elemento secreto que rodeia o filme a solo. Wakanda tem que esconder a sua tecnologia altamente avançada do resto do mundo, o que parece encaixar diretamente na temática Bond. O agente 007 teve muita ajuda ao longo dos anos com M ou Q, o criador de gadgets e T’Challa terá a sua própria versão do assistente de tecnologia de Bond, a princesa Shuri (Letitia Wright), a sua irmã, que lhe fornecerá tudo o que ele precisa para lutar contra Erik Killmonger (Michael B. Jordan).

A menos de um mês de distância do lançamento nos cinemas de “Pantera Negra”, o entusiasmo internacional gerado à sua volta e a grande afluência do público à compra antecipada de bilhetes, tornam o filme num dos filmes mais aguardados de 2018 e provavelmente, mais um dos grandes êxitos da Marvel.

A estreia em Portugal está marcada para o próximo dia 15 de fevereiro.

Artigos relacionados