“Parasitas” é o representante da Coreia do Sul na corrida ao Óscar de Melhor Filme Internacional

Parasitas é o filme da Coreia do Sul candidato aos Óscares

A Coreia do Sul já escolheu o seu candidato para a corrida ao renomeado Óscar de Melhor Filme Internacional, prémio que anteriormente se designava como Melhor Filme em Língua Estrangeira. O eleito foi “Parasitas” (Parasite), de Bong Joon-Ho, vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes 2019.

O filme foi escolhido de uma longa lista de oito títulos por um júri composto por cinco pessoas, dando assim a segunda oportunidade a Bong de conseguir pela primeira vez para o seu país uma nomeação na categoria, depois de não a conseguir em 2009 quando o seu filme “Mother – Uma Força Única”, foi o escolhido.

No centro da história está uma família de desempregados, os Ki-taek, cujas vidas mudam quando o filho Ki-Woo consegue um emprego como professor particular de inglês de uma jovem de família rica, os Park. Por meio de subterfúgios, a família rapidamente se aproveita da situação quando Ki-Woo faz a sua irmã ser contratada para dar aulas de desenho ao filho mais novo e depois os seus pais como motorista e governanta.

“Parasitas” já vendeu mais de 10 milhões de ingressos na Coreia do Sul desde a estreia, a 30 de maio. É o quarto filme de maior bilheteira lançado até agora, em 2019, naquele país asiático, superando blockbusters de Hollywood como “Homem-Aranha: Longe de Casa“, sendo o segundo maior título sul-coreano com receitas superiores a US$ 71,9 milhões .

O distribuidor norte-americano Neon, já havia posicionado o filme como um dos principais concorrentes à temporada de prémios após o triunfo do filme em Cannes, onde fez a estreia mundial. A estreia em Portugal está agendada para o dia 26 de setembro, com distribuição da Alambique Filmes.

Além do filme sul-coreano, já há mais alguns títulos confirmados. A Alemanha estará representada com “System Crasher”, drama de Nora Fingscheidt, o Irão com “Finding Farideh”, um documentário de Kourosh Ataee e Azadeh Moussavi, e a Suíça com “Wolkenbruchs”, comédia dramática de Michael Steiner.

As nomeações para o Melhor Filme Internacional serão anunciadas juntas com outras categorias a 13 de janeiro de 2020. A 92ª edição dos Óscares será realizada a 9 de fevereiro de 2020.

Artigos relacionados