“Passos no Escuro”: Dario Argento abre a série de ciclos do Cinema Passos Manuel

Ciclo Passos no Escuro com Dario Argento

Todas as quartas-feiras, a partir do próximo dia 30 de outubro e até 20 de novembro, o Cinema Passos Manuel, na cidade do Porto, dá início ao “Passos no Escuro”, uma série ciclos dedicados ao cinema de culto.

A abrir serão apresentados quatro filmes do mestre do terror, o italiano Dario Argento, onde cada sessão pretende mostrar filmes cujo legado se mantém dentro da cultura pop, ao mesmo tempo que se dá uma segunda vida a títulos que merecem ser descobertos, mantendo uma tónica comum – a diversão.

Já nesta quarta-feira, véspera de Halloween, será exibido “O Mistério da Casa Assombrada” (Profondo Rosso – 1975), considerado a verdadeira obra-prima do realizador, cuja trama acompanha um pianista inglês a viver em Roma que testemunha o brutal homicídio da sua vizinha, uma conhecida psíquica. Com a ajuda de uma jovem e persistente repórter, e usando métodos pouco convencionais, o par segue um rasto de pistas alucinantes e vê-se envolvido numa teia de demência, selvajaria e violência interminável.

A 6 de novembro é apresentado “Ténebre” (Tenebrae -1982), um thriller incrivelmente orquestrado, inventivo e arrepiante sobre Peter Neal (Anthony Franciosa), um escritor de romances policiais americano que chega a Roma para promover o seu último livro, Tenebre. Mas uma bizarra sequência de chocantes homicídios ocorre logo após a sua chegada, estranhamente semelhantes aos crimes descritos no seu livro, e ele próprio torna-se objecto das mais horríveis ameaças. Embora a polícia esteja incrédula e confusa, Neal decide envolver-se na investigação com a ajuda do seu agente.

Segue-se “Phenomena (1985)”, a 13 de novembro, um épico insano de horror, sobrenatural e carnificina. A jovem Jennifer Corvino (Jennifer Connelly) é enviada para um colégio interno de raparigas na Suíça, onde faz duas surpreendentes descobertas: o seu poder telepático de comunicar com insetos e o rasto sangrento deixado por um assassino com uma lâmina. Conseguirá um amável professor (Donald Pleasence) guiar o seu dom de forma a travar o banho de sangue do psicopata?

Para encerramento deste primeiro ciclo, a 20 de novembro, foi escolhido “Terror na Ópera” (Opera -1987), que apresenta a atriz Cristina Marsillach como Betty, uma jovem cantora de ópera, que vê a sua grande oportunidade quando substitui a vedeta da encenação de Macbeth, e se torna no objecto de adoração e perseguição de um psicopata.

Artigos relacionados