“Petra von Kant” vai ser o novo trabalho do realizador francês François Ozon

François Ozon vai dirigir o filme Petra von Kant

Com o seu mais recente trabalho em pós-produção, “Tout s’est Bien Passé”, François Ozon, um dos cineastas mais prestigiosos e prolíficos de França, já está pronto para assumir a realização de um novo projeto, uma nova versão cinematográfica de “As Lágrimas Amargas de Petra von Kant“, baseado na peça do alemão Rainer Werner Fassbinder, que o próprio adaptou numa longa-metragem em 1972.

De acordo com o site francês Satellifax, o filme intitulado “Petra von Kant” vai contar no elenco principal com Denis Menochet (O Mauritano), no papel de Fassbinder, e Isabelle Adjani (O Mundo é Teu), como a musa do cineasta alemão.

Com os nomes anunciados, tudo indica que o enredo irá sofrer alterações, pois o filme original ostentava um elenco feminino liderado por Margit Carstensen, no papel de Petra von Kant, uma proeminente estilista lésbica com tendências narcisistas e sádicas, que desenvolve uma relação com outras duas mulheres.

Esta é a segunda peça de Fassbinder que Ozon vai adaptar para o grande ecrã. No ano 2000, dirigiu “Gotas de Água Sobre Pedras Escaldantes”, filme que fez a estreia mundial no Festival de Berlim e onde foi distinguido com o Teddy Award atribuido ao Melhor Filme de temática LGBTQ.

François Ozon ainda deve estar a digerir a pesada derrota que sofreu na recente edição dos Prémios César, conhecidos como os “Óscares” franceses, já que o seu drama “Verão de 85“, apesar de ter sido nomeado em 12 categorias, não mereceu a atenção dos membros da Academia francesa e saiu da gala sem qualquer estatueta.

Artigos relacionados