Planos futuros do ator Nicolas Cage estão centrados na realização

Nicolas Cage deseja centar-se na realização

Nicolas Cage que há muitos anos tem vindo a trabalhar em inúmeros filmes, alguns de qualidade duvidosa e que o afastaram da popularidade que alcançou entre o público na década de 1990, já tem planos para o seu futuro. Segundo o Indiwire, o ator de 54 anos está com intenções de se reformar da área da interpretação e centrar-se mais na realização.

“Dirigir é algo que estou desejando fazer mais adiante. Atualmente sou principalmente um ator de cinema e vou continuar a fazer isso durante três ou quatro anos mais, mas gostaria de centrar-me mais na realização”, disse Cage.

O certo é que Cage já conta nos seus créditos com um trabalho no cargo de realizador. Em 2002, dirigiu “Sonny”, um drama criminal protagonizado por James Franco e Harry Dean Stanton, uma experiência não muito bem sucedida, face à forma negativa como o filme foi recebido pela crítica e pelo público.

Falta agora saber se haverá produtores interessados nos seus serviços para que o sonho se cumpra e quem sabe, alcançar o sucesso do seu tio Francis Ford Coppola e até mesmo da sua prima Sofia Coppola.

Enquanto não chega a hora da transição, Cage continua a sua saga como ator. Muito brevemente poderá ser visto no thriller de terror “Mandy“, considerado uma das suas melhores interpretações mais recentes, depois de ter sido exibido no Festival de Sundance e que será projetado também no Festival de Cannes. O ator tem pendente as estreias nos cinemas portugueses de “Cuidado com a Mamã e o Papá” (10 de maio) e “Desejo Inconcebível” (17 de maio).

Artigos relacionados