“Prazer, Camaradas!”: Filme de José Filipe Costa estreia nos cinemas esta semana

Prazer, Camaradas estreia nos cinemas a 20 de maio

Estreado mundialmente no festival de Locarno 2019 e exibido em antestreia nacional no Doclisboa, a produção nacional “Prazer, Camaradas!“, um filme entre a ficção e o documentário do realizador José Filipe Costa, vai finalmente fazer a sua estreia no circuito comercial português na próxima quinta-feira, 20 de maio.

O filme leva-nos até a um Portugal de 1975, pós-revolução de Abril, quando uma mulher e dois homens – Eduarda Rosa, João Azevedo e Mick Geer – viajam da Europa do Norte para trabalhar nas cooperativas das herdades ocupadas em Portugal.

Como muitos outros vêm ajudar nas atividades rurais e pecuárias, dar consultas médicas, aulas de planeamento familiar, mostrar filmes de educação sexual e participar nos bailes tradicionais, trazem muitas perguntas, mas os “camaradas do sul” tem mais interrogações do que respostas: – Querem saber quem somos? Como tratamos as nossas mulheres e crianças? Como convivemos e amamos? Venham daí! Vamos estranhar-nos, vamos desentender-nos de certeza, que tudo faz parte desta revolução-festa!

Para o realizador, esta produção da Uma Pedra no Sapato, é um “jogo lúdico onde é proposto a atores não profissionais que dramatizem as memórias de uma revolução que não foi apenas política, mas também sexual e de costumes” acrescentando que o filme tem algumas cenas improvisadas e que “confronta as ideias  e comportamentos de estrangeiros e portugueses sobre a intimidade e a vivência da sexualidade”, como parte do pedido do cineasta para que os atores “dramatizassem as cenas em vez de as reconstituírem como factos do passado.”

José Filipe Costa escreveu o argumento inspirado num conjunto de relatos orais, textos literários e diários da época de estrangeiros e portugueses ex-exilados que, além de ajudarem nos trabalhos agrícolas, observavam e registavam o que viam e viviam com os portugueses.

Assista ao trailer oficial:

Artigos relacionados