PRÉMIOS BAFTA: “1917” foi o grande vencedor dos “Óscares” britânicos

Vencedores dos Prémios BAFTA 2020

Realizou-se ontem no Royal Albert Hall de Londres, a cerimónia de entrega dos Prémios BAFTA, conhecidos como os Óscares do cinema britânico e que são atribuídos anualmente pela Academia Britânica das Artes Televisivas e Cinematográficas.

A uma semana da cerimónia dos Óscares, “1917“, de Sam Mendes, foi o grande vencedor da noite ao vencer em sete das nove categorias em que foi nomeado, incluindo Melhor Filme, Melhor Filme Britânico e Realização.

Joker“, que partiu com 11 nomeações, foi o segundo filmes mais premiado ao receber três troféus, com destaque para a previsível vitória de Joaquin Phoenix na categoria de Melhor Ator. “O Irlandês”, de Martin Scorsese, foi o grande derrotado e não conseguiu vencer qualquer estatueta nas 10 categorias em que estava nomeado.

Além de Phoenix, não houve qualquer surpresa entre os vencedores das outras categorias de interpretação. Renée Zellweger foi eleita a Melhor Atriz por “Judy” e Laura Dern como Melhor Atriz Secundária por “Marriage Story”. Brad Pitt, levou o prémio de Melhor Ator Secundário por Era uma vez em… Hollywood“, o único obtido pelo filme de Quentin Tarantino das 10 nomeações que recebeu.

Parasitas“, de Bong Joon-ho, reforçou a sua candidatura aos Óscares e arrecadou as estatuetas de Melhor Filme em Língua não Inglesa e Melhor Argumento Original. Destaque ainda para a vitória de “Klaus”, como Melhor Animação e “Para Sama“, distinguido com o prémio de Melhor Documentário.

Confira todos os vencedores da 73ª edição dos BAFTA:

MELHOR FILME
– “1917”

MELHOR FILME BRITÂNICO
– “1917”

MELHOR REALIZADOR
– “1917”, de Sam Mendes

MELHOR ATOR
– Joaquin Phoenix por “Joker”

MELHOR ATRIZ
– Renée Zellweger por “Judy

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO
– Brad Pitt por “Era uma vez em… Hollywood”

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA
– Laura Dern por “Marriage Story”

PRÉMIO ESTRELA EM ASCENSÃO (votado pelo público)
– Micheal Ward

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL
– “Parasitas”, de Bong Joon-ho

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO
– “Jojo Rabbit”

MELHOR FILME EM LÍNGUA NÃO INGLESA
– “Parasitas”, de Bong Joon-ho

MELHOR DOCUMENTÁRIO
– “Para Sama”, de Waad al-Kateab e Edward Watts

MELHOR ANIMAÇÃO
– “Klaus”

MELHOR ESTREIA ARGUMENTISTA/REALIZADOR/PRODUTOR BRITÂNICO
– Mark Jenkin (Argumentista/Realizador), Kate Byers, Linn Waite (Produtores) por “Bait”

MELHOR FOTOGRAFIA
– “1917”

MELHOR MONTAGEM
– “Le Mans ’66: O Duelo”

MELHOR MAQUILHAGEM E PENTEADOS
– “Bombshell – O Escândalo”

MELHOR GUARDA ROUPA
– “Mulherzinhas”

MELHOR DESIGN PRODUÇÃO
– “1917”

MELHOR ELENCO
– “Joker”

MELHORES EFEITOS VISUAIS
– “1917”

MELHOR BANDA SONORA ORIGINAL
– “Joker”

MELHOR SOM
– “1917”

MELHOR CURTA-METRAGEM BRITÂNICA
– “Learning to Skateboard in a Warzone (If You’re a Girl)”

MELHOR CURTA-METRAGEM ANIMAÇÃO BRITÂNICA
– “Grandad Was a Romantic”

Artigos relacionados