“Prodigal Son”: Fox cancela drama criminal após duas temporadas

Fox cancela a série Prodigal Son

Quase um ano depois de ter renovado a série “Prodigal Son” para uma 2ª temporada, a Fox anunciou agora que o drama criminal foi cancelado, o que significa que não haverá terceira temporada nem mais casos macabros para resolver pelo criminalista Malcolm Bright, personagem interpretado por Tom Payne.

Segundo o TVLine, citando fontes do canal, a decisão de não renovar o thriller dramático foi “incrivelmente difícil”, acrescentando, no entanto, que a audiência de “Prodigal Son” era pequena demais para justificar uma nova temporada.

A série criada por Chris Fedak e Sam Sklaver acompanha Malcolm Bright, um dos melhores psicólogos criminais do Departamento da Polícia de Nova Iorque, um dos únicos profissionais capazes de entrar na mente dos serial killers, precisamente porque conhece melhor que ninguém como pensam, já que o seu pai Martin Whitly (Michael Sheen), mais conhecido como o infame The Surgeon, é o mais temido de todos os assassinos em série.

Payne foi um dos que reagiu à notícia do cancelamento, com uma publicação no Twitter:

“Que viagem. Interpretar Malcolm foi uma alegria e um privilégio. O melhor elenco de uma cadeia de TV e o programa mais original do mercado. Fizemos isto com estilo. Com amor a todos que gostaram de tudo connosco. E vejam os dois últimos! ELES SÃO INCRÍVEIS.”

No canal norte-americano o 13º e último episódio da 2ª temporada vai para o ar no dia 18 de maio. Em Portugal “Prodigal Son” foi exibida em exclusivo no TVCine Actrion.

Artigos relacionados