Robert Rodriguez está a trabalhar no relançamento da franquia “Spy Kids”

Robert Rodriguez vai dirigir reboot de Spy Kids

A saga de aventuras familiares “Spy Kids” vai ser relançada pela Skydance Media, que adquiriu os direitos, pela Spyglass Media, proprietária da franquia, e também por Robert Rodriguez, cineasta que escreveu e dirigiu os quatro filmes lançados nos cinemas, o último em 2011, “Spy Kids – Todo o Tempo do Mundo”.

Segundo o Deadline, Rodriguez será novamente o responsável pelo guião e pela realização do novo filme. Embora haja poucos detalhes sobre o enredo, a publicação adianta que a próxima geração de “Spy Kids” vai envolver as atividades de uma família multicultural.

A história do primeiro filme, lançado em 2001, está centrada num casal (Antonio Banderas e Carla Gugino) que trabalha para uma organização de super-espiões. Mais tarde, os filhos do casal Cortez (Alexa PenaVega e Daryl Sabara) acabam por ingressam no negócio da família de espionagem.

O filme foi extremamente popular entre o público, arrecadando US$ 147 milhões nas bilheteiras mundiais, dando origem às sequelas “Spy Kids 2: A Ilha dos Sonhos Perdidos” (2002), “Spy Kids 3: Game Over” (2003) e à referida “Spy Kids – Todo o Tempo do Mundo”, este protagonizado por Joel McHale e Jessica Alba. Estes três últimos filmes também tiveram bom desempenho nas bilheteiras, apesar de não terem recebido críticas favoráveis. No total, a franquia gerou mais de US$ 550 milhões em todo o mundo.

O último trabalho de Rodriguez, “Vamos Ser Heróis”, foi um sucesso na Netflix e prepara-se para receber uma continuação. Entre os créditos do realizador encontram-se filmes como “Alita: Anjo de Combate“, que o cineasta acredita ser possível desenvolver uma sequela, ou “Sin City: Mulher Fatal“.

Artigos relacionados