“Robocop Returns”: Filme volta a entrar em desenvolvimento com novo realizador

Abe Forsythe vai dirigir o filme RoboCop Returns

Depois de um longo período no limbo, “Robocop Returns” volta a entrar em desenvolvimento na MGM. Segundo o The Hollywood Reporter, o estúdio contratou o cineasta australiano Abe Forsythe para assumir a realização, substituindo Neil Blomkamp (Chappie) que abandonou o cargo em agosto deste ano.

Descrito como uma sequela direta do filme original, “Robocop – O Polícia do Futuro (1987)”, do realizador Paul Verhoeven, o novo filme irá ignorar os eventos das sequelas de 1990 e 1993, bem como o reboot dirigido em 2014 pelo brasileiro José Padilha (Operação Entebbe).

Edward Neumeier e Michael Miner, argumentistas do primeiro filme, já tinham pronto um guião para uma anunciada sequela que nunca aconteceu e que foi reescrito por Justin Rhodes, mas que agora será revisto por Forsythe.

No original, Peter Weller interpretou Alex Murphy, um agente morto em serviço, transformado em RoboCop, um policia ciborgue encarregado de erradicar o crime no estado de Detroit, mas que é atormentado pelas memórias submersas da sua vida anterior.

“RoboCop Returns” servirá para reavivar a franquia e na curta sinopse divulgada anteriormente a esta contratação, a história estará novamente ambientada em Detroit, uma cidade onde reina a anarquia até à chegada de RoboCop, um regresso triunfante para combater o crime e a corrupção, devolvendo a segurança aos seus habitantes.

O jovem cineasta ganhou recentemente algum reconhecimento com a comédia de zombies “Little Monsters”, filme protagonizado por Lupita Nyong’o, Alexander England e Josh Gad, que fez a estreia no Festival de Sundance e que estreou há pouco tempo no serviço de streaming Hulu.

Artigos relacionados