Roland Emmerich irá produzir uma nova versão de “A Flauta Mágica” de Mozart

A Centropolis Entertainment de Roland Emmerich associou-se à Flimmer, com sede em Berlim, para coproduzir uma adaptação moderna ao grande ecrã de “A Flauta Mágica” (The Magic Flute), a famosa ópera em dois atos de Wolfgang Amadeus Mozart.

Andrew Lowery foi designado para escrever o argumento desta nova versão, enquadrada numa narrativa moderna, cuja história seguirá o jovem de 15 anos, Tim Walker, que foi enviado de Londres para os Alpes Austríacos, para integrar a famosa Escola de Mozart. Um dia, descobre uma passagem secreta na escola, esquecida há séculos, que o levará ao mundo fantástico da ópera mais famosa de Mozart.

“A abordagem contemporânea misturada com o fantástico mundo de feiticeiros e bruxas que a ópera nos trás, deixa-me muito entusiasmado para coproduzir este projeto”, disse Emmerich, ex-acionista da Flimmer, antes da aquisição da companhia pelo grupo de média francês Webedia, no ano passado.

“A Flauta Mágica” foi adaptada em várias áreas, tendo já sido adaptada em filmes. Em 1975, Ingmar Bergman dirigiu “Trollflöjten”, uma versão sueca da ópera para televisão e em 2006, Stephen Fry escreveu uma versão em inglês, dirigida por Kenneth Branagh.

O lançamento nos cinemas desta nova versão está prevista para o Natal de 2018.

Artigos relacionados