Rosamund Pike vai ser a cientista Marie Curie na cinebiografia ‘Radioactive’

Nomeada para um Óscar pela sua atuação no drama ‘Em Parte Incerta’, Rosamund Pike vai ter pela frente um promissor papel, ao ser anunciada como protagonista de ‘Radioactive’, um drama biográfico sobre a cientista polaca e naturalizada francesa, Marie Skłodowska Curie (1867-1934).

O filme, que será produzido e financiado pela Studiocanal, vai ser dirigido pela cineasta franco-iraquiana Marjane Satrapi (As Vozes). Jack Thorne escreveu o argumento, adaptado da novela gráfica “Radioactive: Marie & Pierre Curie: A Tale of Love and Fallout”, de Lauren Redniss, sobre a vida de Marie e do marido Pierre Curie, também cientista.

“Marie Curie foi uma força natural da vida. Todos, em todos os lugares em que ela esteve, foram impelidos pela sua energia e brilho. Este é um papel intenso que requer muita inteligência e sensibilidade. Rosamund é “a escolhida” para encarná-la. Percebi isso no momento em que a conheci”, disse Satrapi.

Sobre este projeto, Didier Lupfer, presidente da Studiocanal referiu: “Isto não é uma cinebiografia, mas uma história de amor ambientada num tempo de tremendas mudanças, capturando uma mulher que é maravilhosa, brilhante e muito charmosa, a única mulher da sua época capaz de ser acolhida na elite científica”.

Curie realizou estudos e experiências pioneiros no campo da radioatividade, expandindo horizontes de pesquisas médicas e científicas. Foi a primeira mulher a ganhar um Prémio Nobel, em 1903, quando foi laureada com o Nobel de Física e que viria a tornar-se na primeira pessoa a receber aquela honra duas vezes, ao vencer em 2011 o Nobel de Química. Foi também a primeira mulher a ser admitida como professora na Universidade de Paris.

Artigos relacionados