Russell Crowe será o exorcista do Vaticano no thriller sobrenatural “The Pope’s Exorcist”

Depois de ter interpretado Zeus, o deus supremo dos gregos, no filme “Thor: Amor e Trovão“, Russell Crowe vai agora retratar no grande ecrã uma figura lendária do Vaticano, no thriller sobrenatural “The Pope’s Exorcist“, um projeto da Screen Gems que será dirigido por Julius Avery (Operação Overlord).

No filme, o ator neozelandês interpretará Gabriele Amorth, um lendário padre italiano que realizou mais de 100 mil exorcismos para o Vaticano. O guião atual tem a assinatura de Evan Spiliotopoulos, depois de várias revisões dos rascunhos originais de Chester Hastings e R. Dean McCreary, baseado nos livros de memórias publicados pelo padre, os best-sellers internacionais “An Exorcist Tells His Story” e “An Exorcist: More Stories”.

Além destas obras, Amorth, que faleceu em 2016, aos 91 anos, deixou para trás uma série de relatos adicionais sobre as suas façanhas de tirar o diabo do corpo de pessoas em todo o mundo. Os direitos de todos esses textos foram adquiridos pela Screen Gems, que tem o projeto em gestação há vários anos. Em 2020, Ángel Gómez estava anexado como realizador.

Para já não foi anunciado mais nomes para o elenco, nem foram disponibilizadas informações sobre o início da produção e previsão de estreia. E como Crowe está atualmente envolvido nas filmagens de “Kraven the Hunter” e anunciado para vários outros projetos, provavelmente “The Pope’s Exorcist” não chegará tão cedo aos cinemas.

Artigos relacionados