Ryan Reynolds vai produzir e poderá protagonizar a adaptação do jogo “Cluedo”

Ryan Reynolds está a desenvolver uma longa-metragem baseada no jogo de tabuleiro “Cluedo” (Clue), como parte do acordo de três anos que firmou com a 20th Century Fox.

Além de produzir o projeto, através da sua produtora, a Maximum Effort, junto com a Allspark Pictures, divisão cinematográfica da Hasbro, Reynolds também poderá ser um dos protagonistas. A equipa de argumentistas de “Deadpool”, Rhett Reese e Paul Wernick foram definidos para escreverem o guião.

O jogo de tabuleiro, desenvolvido pela primeira vez em 1949, tem como objetivo determinar qual dos seis suspeitos assassinou a vítima do jogo, onde ocorreu o crime e qual arma que foi usada. Cada jogador assume o papel de um dos seis suspeitos.

A primeira adaptação cinematográfica do jogo foi em 1985, com o título português “Clue – O Jogo do Crime”, do realizador Jonathan Lynn com protagonismo de Eileen Brennan, Tim Curry, Madeline Kahn, Christopher Lloyd, Michael McKean, Martin Mull e Lesley Ann Warren.

Antes deste projeto e muitos outros em que está envolvido, Reynolds regressará aos grandes ecrãs de Portugal no próximo mês de maio como protagonista de “Deadpool 2“, sequela do filme de 2016, que ainda não tem título oficial.

Artigos relacionados