Sequela de “Mulher Maravilha” foi adiada em sete meses e só estreia em 2020

Adiada a estreia de Mulher Maravilha 1984

A Warner Bros. Pictures fez algumas alterações ao seu calendário de estreias e anunciou o adiamento das estreias de algumas das suas produções. Uma delas é a sequela de “Mulher Maravilha”, com o título oficial “Wonder Woman 1984”, cujo lançamento foi atrasado em sete meses, passando de 1 de novembro de 2019 para 5 de junho de 2020, nos EUA.

Gal Gadot, a estrela do filme no papel da super-heroína, foi uma das primeiras a reagir e a anunciar o adiamento, mostrando satisfação com a decisão: “Estou super entusiasmada em anunciar que, graças às mudanças no cenário atual, fomoz capazes de colocar Mulher Maravilha de volta ao seu lugar. 5 de junho de 2020. Estejam lá!!!”, escreveu a atriz no Twitter.

“Tivemos um tremendo sucesso ao lançar o primeiro filme da Mulher Maravilha durante o verão, então, vimos uma oportunidade de tirar proveito do cenário competitivo em mutação. Este mudança leva o filme exatamente para onde ele pertence”, comentou Jeff Goldstein, presidente da distribuição doméstica da WB.

A continuação, cuja trama estará ambientada na década de 80, vai reunir Gadot com a realizadora Patty Jenkins e o ator Chris Pine, enquanto que, Kristen Wiig e Pedro Pascal são para já as novidades no elenco.

Na nova data, pelo menos até agora, a sequela não tem de enfrentar a concorrência de qualquer outra grande produção. Uma semana depois, está marcada a estreia do thriller de ação da Universal Pictures, “Red Notice”, estrelado por Dwayne Johnson, mas provavelmente irá sofrer alterações, já que, a Disney adiou na semana passada o lançamento de “Jungle Cruise”, também com The Rock, de outubro de 2019 para o dia 24 de julho de 2020.

A Warner Bros. também aproveitou para anunciar que retirou do seu calendário de estreias, “Six Billion Dollar Man”, a esperada adaptação cinematográfica do clássico programa de TV, que tem anexado Mark Wahlberg (Mile 22) como protagonista. A estreia do o projeto que transitou da extinta Weinstein. Co., estava programada para a data agora ocupada pela sequela de Mulher Maravilha.

Artigos relacionados