Spamflix: Plataforma de streaming de filmes de culto entra numa nova fase

Spamflix plataforma de streaming

Fundado em 2018, o Spamflix, serviço de streming e de video-on-demand (VoD) focado em filmes de culto, incluindo do cinema português, e produções fora do circuito comercial, entrou numa nova fase da sua história com o lançamento de uma aplicação para dispositivos móveis e televisão, que lhe permite expandir a sua área de atuação e alcançar um público maior.

Até ao momento o catálogo é composto por mais de 70 longas-metragens, que podem ser vistos agora através de smartphones (IOS e Android), tablets e na televisão através de Chromecast, AirPlay e AndroidTV.

A adesão ao serviço é gratuita, não sendo cobrada qualquer tipo de assinatura mensal. Após o registo, o utilizador pode alugar um filme por um período de 72 horas a 3€ ou packs de vários filmes a preços especiais. O pagamento pode ser feito por cartão de crédito ou PayPal.

A App pode ser descarregada no site oficial da Spamflix, no Google Play ou na Apple Store.

A plataforma, descrita pelo Geek Spin como “a Netflix para os fãs de filme de culto”, conta com uma biblioteca de filmes que receberam elogios em vários festivais internacionais, mas que posteriormente não conseguiram uma distribuição mundial significativa, com particular enfoque na comédia negra, nonsense e cinema fantástico. O Spamflix também oferece programas especiais de curtas-metragens que passaram por prestigiados festivais de cinema internacional.

Entre os títulos portugueses encontram-se “Diamantino” (2018), de Daniel Schmidt e Gabriel Abrantes, “A Floresta das Almas Perdidas” (2017), de José Pedro Lopes, ou “Embargo” (2010), de António Ferreira. Entre os clássicos de culto adicionados recentemente estão o western “Straight to Hell Returns” (2010), de Alex Cox, “The Wild Boys” (2017), de Bertrand Mandico, “La Leggenda di Kaspar Hauser” (2012), de Davide Manuli, ou “For Some Inexplicable Reason” (2014), de Gábor Reisz.

O Spamflix é cofinanciado pelo Programa Lisboa2020 do Fundo Europeu FEDER. Consulte o catálogo completo no site oficial.

Artigos relacionados