Teatro Rivoli, no Porto, vai exibir filme inédito de Manoel de Oliveira

Manoel de Oliveira_filme inedito

O Teatro Municipal Rivoli, na cidade do Porto, vai acolher a exibição de um filme inédito de Manoel de Oliveira, filmado em 1982 e intitulado ‘Visita ou Memórias e Confissões’, com a duração de 68 minutos.

A iniciativa é promovida pela Câmara Municipal do Porto, a pedido da família do cineasta, cumprindo o desejo do realizador, que pretendia que o filme fosse exibido depois da sua morte, a qual ocorreu, como todos se devem recordar, a 2 de abril deste ano, com a bonita idade de 106 anos.

A estreia mundial vão ocorrer no próximo dia 4 de maio, pelas 18:30 horas e as entradas são gratuitas, devendo os interessados levantar os bilhetes, num máximo de 2 por pessoa, nas bilheteiras daquele cinema, a partir das 17:30 horas, do dia em que vai ser exibido.

‘Visita ou Memórias e Confissões’ tem um guião escrito por Agustina Bessa-Luís e vozes de Diogo Dória e Teresa Madruga, permanecendo inédito durante estes anos, na Cinemateca Portuguesa, que o conservou e preservou.

José Manuel Costa, diretor da Cinemateca Portuguesa, declarou e revelou no dia da morte do cineasta, que o filme “começa por ser uma referência à casa onde vivia, que teve de deixar por vicissitudes da sua vida. Tem um caráter pessoal que, devido a isso, ele pediu para só ser divulgado amplamente depois do seu falecimento”.

Artigos relacionados