“The Amusement Park”: Filme perdido de George A. Romero pronto para estrear

The Amusement Park - Filme perdido de George A. Romero

Depois de uma breve exibição num festival, “The Amusement Park“, o filme perdido de George A. Romero (A Noite dos Mortos-Vivos) foi finalmente restaurado em 4K e está pronto para estrear nas salas de cinema. Segundo o Bloody Disgusting, a Yellow Veil Pictures já começou a lidar com as vendas internacionais.

O filme, um instantâneo fascinante da capacidade e estilo artísticos do cineasta, foi concluído em 1973 e descoberto à cerca de dois anos. Quase 47 anos depois, o filme foi restaurado em Nova Iorque pela IndieCollect, a mando da Fundação George A. Romero e Suzanne Romero, viúva de Romero.

“The Amusement Park” foi originalmente encomendado pela Sociedade Luterana para aumentar a consciencialização sobre o envelhecimento e o abuso de idosos, mas Romero, concebeu o que talvez fosse o seu filme mais selvagem e imaginativo, uma alegoria sobre as realidades do pesadelo de envelhecer.

Imagem do filme The Amusement Park de George A. Romero

Lincoln Maazel é o protagonista interpretando um homem idoso que se vê desorientado e cada vez mais isolado à medida que as dores, tragédias e humilhações do envelhecimento nos EUA se manifestam através de montanhas russas e multidões caóticas.

“Embora não seja do género terror, é o filme mais aterrorizante de George”, disse Suzanne Romero. “Ele tem a pegada única de Romero em todo o lado!”.

Segundo relatos antigos, o filme nunca foi exibido publicamente porque as pessoas que o financiaram não o permitiram, referindo que o filme é demasiado potente, infernal e perturbador para a sociedade norte-americana, e que deveria ser fechado num baú e nunca ver a luz do dia.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *