“The Co-Ed Killer”: A história do serial killer Edmund Kemper no canal ID

Canal ID estreia The Co-Ed Killer

Neste domingo, 7 de novembro, às 22:00h, o canal ID – Investigation Discovery Portugal apresenta mais um capítulo da série “Mind of a Monster”, com a estreia do especial “The Co-Ed Killer“, que conta a história do serial killer Edmund Kemper.

Neste especial, o ID dá a conhecer Edmund Kemper, um gigante simpático e culto que oferece boleia a jovens universitárias. Porém, por detrás do seu sorriso encantador esconde-se um monstro pervertido com uma infância traumática e fantasias sexuais obscuras.

Os sinais estavam lá desde o início. Quando menino, Kemper matava animais, decapitava as bonecas das suas irmãs e inventava jogos nojentos. E aos 15 anos, até assassinou os seus avós paternos, tendo sido diagnosticado com esquizofrenia paranoide por um grupo de psiquiatras e foi sentenciado a cumprir pena no Hospital Estadual de Atascadero como um criminoso juvenil legalmente insano.

Solto da instituição aos 21 anos após convencer os psiquiatras que estava reabilitado, Kemper chamava a atenção pelo seu tamanho enorme, com 2,06m de altura, e pela sua inteligência, possuindo um quociente intelectual de 145. Mas, foram os seus crimes hediondos que o tornaram famoso. Kemper foi responsável pela morte e desmembramento de 10 mulheres, incluindo a própria mãe, durante os anos 1960 e 1970 na Califórnia .

Apelidado pela imprensa como ‘The Co-Ed Killer’, por matar raparigas que estudavam em instituições de coeducação, ou ensino misto, Edmund Kemper foi um dos primeiros assassinos em série a ser estudados pelo FBI.

Kemper entregou-se à polícia e foi julgado em 1973 e recebeu oito sentenças consecutivas de prisão perpétua, pena que ainda cumpre atualmente, já com 72 anos.

Artigos relacionados