‘The Square’ de Ruben Östlund vence a Palma de Ouro de Cannes 2017

Terminou ontem, dia 27 de maio, a 70ª edição do Festival de Cannes, que consagrou como vencedor da Palma de Ouro a comédia dramática ‘The Square’, do realizador sueco Ruben Östlund.

Também em destaque esteve Sofia Coppola, que venceu o prémio de Melhor Realizador por ‘The Beguiled’, a segunda mulher a conseguir esta distinção naquele prestigioso festival. O prémio do júr foi atribuído a ‘120 Battements par Minute’, de Robin Campillo.

A nível individual, Diane Kruger foi considerada a Melhor Atriz por ‘Aus dem Nichts’ (In the Fade) e Joaquin Phoenix, o de Melhor Ator pela sua interpretação em ‘You Were Never Really Here’. Nicole Kidman foi homenageada com o prémio do 70º aniversário.

Uma produção nacional também brilhou em Cannes. ‘A Fábrica de Nada’, de Pedro Pinho, conquistou o prémio Fipresci na Quinzena dos Realizadores.

Confira os vencedores dos principais galardões:

COMPETIÇÃO OFICIAL

PALMA DE OURO
-‘The Square’, de Ruben Östlund

GRANDE PRÉMIO DO JÚRI
– ‘120 Battements par Minute’, de Robin Campillo

MELHOR REALIZADOR
– ‘The Beguiled’, de Sofia Coppola

MELHOR ATOR
– Joaquin Phoenix, por ‘You Were Never Really Here’

MELHOR ATRIZ
– Diane Kruger, por ‘Aus dem Nichts’ (In the Fade)

PRÉMIO DO JÚRI
– ‘Nelyubov’ (Loveless), de Andrey Zvyagintsev

MELHOR ARGUMENTO
– Lynne Ramsay por ‘You Were Never Really Here’ e
– Yorgos Lanthimos pr ‘The Killing of a Sacred Deer’

PRÉMIO FIPRESCI
– ‘120 Battements par Minute’, de Robin Campillo

MELHOR CURTA-METRAGEM
– ‘A Gentle Night’, de Qiu Yang

CÂMARA DE OURO
– ‘Jeune femme’, de Léonor Serraille

PRÉMIO 70º ANIVERSÁRIO
– Nicole Kidman

UN CERTAIN REGARD

PRÉMIO ‘UN CERTAIN REGARD’
– ‘Lerd’ de Mohammed Rasoulof

PRÉMIO DO JÚRI
– ‘Las Hijas de Abril’ de Michel Franco

MELHOR REALIZADOR
– Taylor Sheridan por ‘Wind River’

PRÉMIO ESPECIAL DO JÚRI
– ‘Barbara’ de Mathieu Amalric

PRÉMIO FIPRESCI
– ‘Tesnota’ (Closeness) de Kantemir Balagov

Artigos relacionados