“The Witcher: Blood Origin”: Jodie Turner-Smith desiste do papel na minissérie Netflix

Jodie Turner-Smith desiste da minissérie The Witcher: Blood Origin

Muito antes de começarem as filmagens, a minissérie “The Witcher: Blood Origin” perdeu um dos seus protagonistas. Segundo o Deadline, Jodie Turner-Smith (Without Remorse) já não irá fazer parte do elenco principal da sequela, uma saída causada por um conflito de agendamento que impede a atriz de fazer parte da tão esperada série da Netflix.

Turner-Smith estava definida para interpretar Éile, personagem descrita como uma guerreira de elite abençoada com a voz de uma Deusa, que abandona o seu clã e a posição de guardiã da Rainha para seguir o seu coração como uma musica nómada. No entanto, um grande acontecimento no continente força-a a regressar à sua jornada por vingança e redenção.

Planeada para seis episódios, a ação da minissérie decorrerá num mundo de elfos, 1200 anos antes dos eventos da série principal liderada por Henry Cavill como Geralt of Rivia, que levaram à criação do primeiro Bruxo, e da crucial “conjunção das esferas” quando o mundo de monstros, homens e elfos fundiram-se para se tornar num só.

Até ao momento, a Netflix não fez qualquer referência sobre a atriz que a irá substituir ou se fará qualquer reformulação do papel. Com o abandono de Turner-Smith, o elenco conta agora só como nome de Laurence O’Fuarain, que irá interpretar Fjall, um guerreiro que se junta a Éile na sua jornada.

As filmagens da 2ª temporada de “The Witcher” terminaram recentemente e aguarda-se o anúncio da data de estreia que ainda deve acontecer este ano. Já “The Witcher: Blood Origin”ainda não se sabe quando é que estará disponível na plataforma de streaming.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *