Timothée Chalamet vai interpretar um jovem Bob Dylan na cinebiografia “Going Electric”

Timothée Chalamet vai interpretar um jovem Bob Dylan na cinebiografia "Going Electric"

Segundo o Deadline, Timothée Chalamet (Chama-me Pelo Teu Nome) está em negociações para interpretar um jovem Bob Dylan na cinebiografia para já intitulada “Going Electric”, um projeto que será dirigido por James Mangold (Le Mans ’66: O Duelo) para a Fox Searchlight.

Apesar de ainda não estar confirmado oficialmente a sua participação no filme, o ator já começou a preparar-se para o papel há algum tempo e está a aprender a tocar guitarra.

O título é uma referência ao momento em que Dylan, com 19 anos, fez uma controversa transição para o rock ‘n’ roll durante o Newport Folk Festival, em 1965, uns tempos depois de ter sido aclamado como uma das grandes estrelas da música folk.

O filme, que conta com aprovação de Dylan, incluirá músicas cedidas pelo icónico músico e Nobel da Literatura, bem como extratos do livro “Dylan Goes Electric”, de Elijah Wald, que narrará a sua ascensão como músico, cantor, compositor e também poeta, bem como a sua interação com algumas lendas da música da década de 60 como Joan Baez.

Chalamet será visto os cinemas nacionais a 30 de janeiro com a nova adaptação de “Mulherzinhas“, de Greta Gerwig, e se tudo correr como o previsto voltará em dezembro como Paul Atreides em “Dune”, a nova versão do realizador Denis Villeneuve.

Artigos relacionados