“Titane”: Filme de Julia Ducournau vence Palma de Ouro do Festival de Cannes

Filme Titane venceu a Palma de Ouro de Cannes 2021

Com o anúncio dos vencedores, chegou ao fim a 74.ª edição do Festival de Cinema de Cannes que consagrou com a Palma de Ouro o filme “Titane“, o mais recente trabalho da francesa Julia Ducournau, que assim tornou-se na segunda mulher a receber o prémio máximo do festival depois da neozelandesa Jane Campion em 1993 por “O Piano”.

Antes da entrega dos prémios, o insólito aconteceu quando Spike Lee, presidente do júri, cometeu uma das maiores gafes do festival. Convidado por uma apresentadora a anunciar qual o primeiro prémio da noite, o cineasta norte americano,acidentalmente, acabou por revelar antecipadamente o grande vencedor da edição 2021.

Nos ditos prémios de consolação, o iraniano Asghar Farhadi, pelo thriller dramático “A Hero“, e o finlandês Juho Kuosmanen por “Compartment Nº. 6“, dividiram o Grande Prémio, o mesmo acontecendo com o Prémio do Júri que foi atribuído ao israelita Nadav Lapid por “Le Genou d’Ahed“, e ao tailandês Apichatpong Weerasethakul, por “Memoria“.

Destaque ainda para Leos Carax, que não marcou presença em Cannes para receber o prémio de realização por “Annette“, e para a produção japonesa “Drive my Car” de Ryusuke Hamaguchi, que foi o filme que mais troféus conquistou nesta edição, incluindo Melhor Argumento, o Prémio da Crítica e o Prémio do Júri Ecuménico.

Na interpretação, os prémio foram para o ator Caleb Landry Jones pelo seu papel no filme “Nitram”,do australiano Justin Kurzel, e para a atriz Renate Reinsve, pela sua atuação na comédia dramática “The Worst Person in the World”, o último trabalho do cineasta norueguês Joachim Trier.

A Camera d’Or, que distingue a melhor primeira obra, foi concedido à realizadora croata Antoneta Alamat Kusijanovic pelo drama “Murina“, exibido na Quinzena dos Realizadores. Na competição de curtas-metragem, a Palma de Ouro foi parar as mãos da chinesa Yi Tang por “All the Crows in the World”. A curta brasileira “Céu de Agosto” de Jasmin Tenucci, recebeu uma Menção Especial do Júri.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *