“Todo o Dinheiro do Mundo”: Sony retira filme com Kevin Spacey de festival americano.

“Todo o Dinheiro do Mundo” (All the Money in the World), o novo filme do realizador Ridley Scott, está a passar por uma fase muito delicada, devido ao envolvimento de um dos protagonistas, Kevin Spacey, num escândalo de assédios sexuais, um dos muitos que estão a abalar Hollywood e que estão a prejudicar imenso o filme. Os principais papéis do elenco contam também com Michelle Williams e Mark Wahlberg.

Depois de ter ponderado adiar a estreia nos cinemas dos EUA e que retiraria assim a possibilidade de concorrer aos prémios na próxima temporada, a Sony Pictures decidiu retirar o filme da programação de um festival de cinema americano, o American Film Institute (AFI), onde seria exibido no dia 16 de novembro. O comunicado refere ainda que a produção, que contou com mais de 800 pessoas, tem a sua estreia comercial mantida para o dia 22 de dezembro, como inicialmente planeado.

“Dadas as atuais acusações envolvendo um dos atores, e por respeito aos impactados por elas, seria inapropriado celebrar com uma cerimónia de gala num momento como este. Por isso, o filme será retirado”, disse num comunicado a TriStar Pictures, uma empresa subsidiária da Sony. Numa nota divulgada, a organização do AFI apoiou a decisão da Sony.

A trama do filme gira em torno do sequestro de John Paul Getty III e na tentativa desesperada da sua mãe, Gail Harris (Williams), em recorrer ao Sr. Getty (Spacey), para pagar o resgate. Apesar de Gail fazer de tudo para o convencer, o avô do garoto recusou. Com a vida do seu filho em jogo, Gail alia-se ao braço direito do Sr. Getty (Wahlberg), numa corrida contra o tempo que revela a verdade sobre o valor do amor vs dinheiro.e fazer o avô () pagar o resgate. Quando o Sr. Getty se recusa a pagar o resgate, Gail faz de tudo para convencê-lo.

A estreia nos cinemas de Portugal está prevista para o dia 25 de janeiro de 2018.

Artigos relacionados