“Tony” tornou-se o documentário mais visto de sempre nos cinemas portugueses

Tony é documentário mais visto em Portugal

Realizado por Jorge Pelicano, “Tony“, o filme documental sobre Tony Carreira tornou-se o documentário mais visto de sempre nos cinemas portugueses. Até ao dia 18 de agosto e ao fim de quatro semanas em exibição, o filme já foi visto por 36.835 espectadores.

Com os números divulgados pelo Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), “Tony” superou o registo do documentário musical “Fados”, filme do realizador espanhol Carlos Saura, que em 2007 levou às salas nacionais mais de 34 mil espectadores.

Segundo o Sapo Mag, estas contas apenas dizem respeito ao número de espectadores em Portugal, já que, “José e Pilar”, de Miguel Gonçalves Mendes, era o documentário realizado por um realizador português que mais público atraiu aos cinemas portugueses. Estreado em novembro de 2010, o filme foi visto por mais de 25 mil pessoas no nosso país, mas na estreia no Brasil arrecadou mais de 30 mil espectadores.

O fim de semana ficou também marcado pela estreia de “Era Uma Vez em… Hollywood“, filme de Quentin Tarantino, que pôs fim a um reinado de quatro semanas da nova versão de “O Rei Leão“, filme que já acumulou 1.116.517 de espectadores e que está na iminência de bater o recorde de “Avatar“, estabelecido em 2009, com 1.207.749 espectadores.

Artigos relacionados