Universal vai desenvolver remake do filme de terror ‘O Monstro da Lagoa Negra’

Segundo a Deadline, a Universal Pictures contratou o argumentista Will Beall para escrever o remake de ‘O Monstro da Lagoa Negra’, o clássico filme de terror de 1954, realizado por Jack Arnold e que irá integrar o universo de monstros do estúdio.

Filmado a preto e branco, em 3D, tecnologia utilizada nos EUA nos anos 50, teve especial relevo em Portugal, nos anos 80, quando a RTP anunciou a exibição do filme em horário nobre, dando a possibilidade a todos para assistirem a um filme naquele formato, que obrigava ao uso daqueles óculos de cartão, com pedaços de celofane vermelho e verde, no lugar das lentes e que gerou uma corrida até às papelarias e quiosques, para adquirirem os velhos óculos de plástico colorido que faziam doer a cabeça. O atual 3D digital, já não tem nada a ver com o formato “analógico” daquele tempo.

A trama original segue um grupo de cientistas numa expedição pela Amazónia, quando encontram uma estranha criatura viva, um ser anfíbio muito parecido com o homem, com guelras e membranas salientes. Depois de capturada, a solitária criatura apaixona-se pela assistente do chefe da equipa. Quando consegue escapar, rapta o objecto da sua afeição. Inicia-se então uma cruzada para salvar a mulher e devolver a sinistra criatura às profundezas de onde provém.

O projeto tem vindo a ser idealizado há muitos anos, mas por várias razões, acabaram por serem cancelados. Em 2007, o produtor Gary Ross disse que a origem do monstro iria ser reformulada, passando a ser um mutante, resultado da poluição industrial causada por uma corporação farmacêutica na Amazónia. No entanto, até ao momento, não há detalhes que confirmem este ou outre enredo do novo filme.

Beall estreou-se como argumentista no cinema em 2013, quando adaptou “Gangster Squad: Covert Cops, the Mob, and the Battle for Los Angeles”, livro de Paul Lieberman, que chegou aos cinemas portugueses com o título ‘Força Anti-Crime‘. O seu maior desafio está para ser lançado nos cinemas em 2018, o primeiro filme a solo de ‘Aquaman’. O cineasta está também definido para escrever junto com Andrea Berloff, o argumento de ‘The Legend of Conan’.

Artigos relacionados