“Vingadores: Endgame” e “Stranger Things” vencem os People’s Choice Awards 2019

Vencedores Peoples Choice Awards 2019

Numa cerimónia que decorreu no domingo à noite em Santa Monica, na Califórnia, foram anunciados os vencedores da 45ª edição dos E! People’s Choice Awards, prémios decididos por votação popular e que distinguem os favoritos do público nas áreas de cinema, televisão e música.

Vingadores: Endgame“, que partiu com sete nomeações, foi eleito o Melhor Filme e Melhor Filme de Ação de 2019, enquanto nas categorias de TV, “Stranger Things” foi o grande vencedor com a conquista dos prémios de Melhor Série 2019 e Melhor Série de Drama, superando “Guerra dos Tronos” que foi indicado em oito categorias.

Zendaya foi um dos destaque da gala ao vencer os prémios de Melhor Estrela Feminina por “Homem-Aranha: Longe de Casa” e o troféu de Estrela em Drama pela série “Euphoria”. A noite contou ainda com as homenagens a Gwen Stefani, nomeada Estrela Fashion do ano, a Jennifer Aniston, eleita o Ícone do Ano e a Pink, escolhida como Campeã do Público.

Confira os vencedores das principais categorias de cinema e televisão:

CINEMA

MELHOR FILME 2019: “Vingadores: Endgame”

MELHOR FILME DRAMA: “After

MELHOR FILME COMÉDIA: “Mistério a Bordo”

MELHOR FILME AÇÃO: “Vingadores: Endgame”

MELHOR FILME FAMÍLIA: “Aladdin

ESTRELA MASCULINA: Robert Downey Jr. (Vingadores: Endgame)

ESTRELA FEMININA: Zendaya (Homem-Aranha: Longe de Casa)

ESTRELA EM DRAMA: Cole Sprouse (A Distância Entre Nós)

ESTRELA EM COMÉDIA: Noah Centineo (The Perfect Date)

ESTRELA EM AÇÃO: Tom Holland (Homem-Aranha: Longe de Casa)

ESTRELA EM ANIMAÇÃO: Beyoncé (O Rei Leão)

TELEVISÃO

MELHOR SÉRIE 2019: “Stranger Things”

MELHOR SÉRIE DRAMA: “Stranger Things”

MELHOR SÉRIE COMÉDIA: “A Teoria do Big Bang”

MELHOR SÉRIE DE FICÇÃO CIENTÍFICA: “Shadowhunters”

ESTRELA MASCULINA: Cole Sprouse (Riverdale)

ESTRELA FEMININA: Millie Bobby Brown (Stranger Things)

ESTRELA EM DRAMA: Zendaya (Euphoria)

ESTRELA EM COMÉDIA: Kristen Bell (The Good Place)

SÉRIE QUE MAIS MERECE SER VISTA: “Outlander”

Artigos relacionados