Walt Disney e a Sony Pictures não chegaram a acordo e Homem-Aranha fica de fora do MCU

Homem-Aranha fora do Universo Cinematografico da Marvel

Uma das alianças cinematográficas de sucesso parece ter chegado ao fim. De acordo com as notícias da imprensa especializada de Holyywood, a Walt Disney e a Sony Pictures não chegaram a acordo de parceria para a produção de qualquer filme do Homem-Aranha, o que significa que o personagem ficará fora do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU).

Em causa está a renegociação do acordo de 2015 entre a Sony e a Marvel Studios. Depois de meses de conversações para um novo acordo, Tom Rothman, da Sony e Kevin Feige, presidente da Marvel, não conseguiram um entendimento, já que a Disney exigia 50% das receitas gerada pelos filmes e merchandising, a Sony pretendia renegociar os 5% cedidos à Marvel Studios.

No entanto e após as notícias, a Sony partilhou no Twitter três mensagem em que mostra desagrado pela mal interpretação das negociações, aproveitando para mostrar o seu respeito pela decisão da Disney e para agradecer a Kevin Feige:

“Muitas das notícias de hoje sobre Spider-Man representaram mal as recentes discussões sobre o envolvimento de Kevin Feige na série. Estamos desiludidos, mas respeitamos a decisão da Disney de não o manter como produtor principal do nosso próximo filme live-action de Spider-Man.”

“Esperamos que isto possa mudar no futuro, mas compreendemos as imensas novas oportunidades que a Disney lhe deu – incluindo todas as suas novas propriedades Marvel – que não lhe permitem trabalhar numa propriedade que não é deles.”

“O Kevin é fantástico e estamos agradecidos pela sua ajuda e ensino e agradecemos o caminho no qual nos ajudou a chegar, algo que iremos continuar.”

Pelo teor das mensagens, tudo indica que a Sony está disposta a mudar a atual situação, mostrando-se aberta para no futuro voltar a negociar com a Disney.

Recordamos que “Homem-Aranha: Regresso a Casa” arrecadou nas bilheteiras mundiais mais de US$ 880,2 milhões e que o recente “Homem-Aranha: Longe de Casa“, tornou-se no filme que gerou mais receitas para a Sony, com arrecadações superiores a US$1.109 mil milhões em todo o mundo.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *