Wesley Snipes e James Earl Jones no elenco da sequela “Um Príncipe em Nova Iorque”

Wesley Snipes e James Earl Jones no elenco da sequela Um Principe em Nova Iorque

Mais de trinta anos depois de ser lançado nos cinemas, a sequela de “Um Príncipe em Nova Iorque” vai contar com praticamente todo o elenco principal. Depois da confirmação de Eddie Murphy, Arsenio Hall e Shari Headley , o Deadline anunciou agora que James Earl Jones e Paul Bates também estão de regresso, e que Wesley Snipes é para já a grande novidade.

Earl Jones voltará a repetir o papel de Jaffe Joffer, o rei de Zamunda, e Bates volta como Oha, o servo e guarda-costas do príncipe Akeem (Murphy). Um novo personagem estará a cargo de Snipes, o General Izzi, governante de uma nação vizinha de Zamunda. As informações também indicam que Jermaine Fowler e Leslie Jones podem ser adicionados ao elenco.

A trama do primeiro filme gira à volta do jovem Akeem, príncipe herdeiro do trono de Zamunda (um reino fictício de África), que foge para Nova Iorque disfarçado de pobre, para escapar a um casamento arranjado pelo pai e encontrar uma noiva que não o ame pela sua posição. Nesta aventura, é acompanhado por Semmi (Hall), o seu melhor amigo, que não gosta de se passar por pobre, e cujos gastos e atitudes, podem revelar a identidade de Akeem.

Nesta continuação, Akeem está prestes a tornar-se o rei de Zamunda, mas descobre que tem um filho que nunca conheceu nos EUA, um nativo de Queens chamado Lavelle. Honrando o desejo do seu pai em coroar o neto como príncipe, Akeem e Semmi partem novamente para a América para encontrar o improvável herdeiro ao trono de Zamunda.

O filme original foi dirigido por John Landis, mas será Craig Brewer que estará na cadeira da realização de “Um Príncipe em Nova Iorque 2” (Coming 2 America), filme que tem estreia agendada nos cinemas para o dia 18 de dezembro de 2020.

James Earl Jones é conhecido por dar voz a dois importantes personagens, Mufasa de “O Rei Leão” e Darth Vader, da saga Star Wars. Para Paul é o regresso às interpretações cinematográficas depois de “Professor Baldas” em 2011. Snipes foi visto pela última vez nos cinemas portugueses em “Resposta Armada“.

Artigos relacionados