“White Noise”: Jodie Turner-Smith em negociações para o novo filme de Noah Baumbach

Jodie Turner-Smith (Without Remorse) está em negociações para se juntar a Adam Driver (Star Wars: A Ascensão de Skywalker) e Greta Gerwig (Mulheres do Século XX) no próximo filme que o realizador Noah Baumbach vai escrever e dirigir para a Netflix, a adaptação de “White Noise“, romance de Don DeLillo, publicado em 1985, que rendeu ao escritor o National Book Award de ficção.

A obra de DeLillo é uma sátira que aborda temas de aceitação da mortalidade, com uma história situada num colégio bucólico conhecido apenas como The-College-on-the-Hill, centrada na vida de Jack Gladney (Driver), um professor que fez o seu nome como pioneiro no campo dos estudos de Hitler, e da sua esposa Babette (Gerwig), um casal que teme a morte.

Dividido em quatro partes, a obra é uma meditação sobre o medo da morte da sociedade moderna e a sua obsessão por curas químicas, em que os protagonistas são forçados a enfrentar a sua mortalidade quando um produto químico tóxico é lançado na sua cidade. Numa das partes, Jack descobre que Babette está a traí-lo para obter acesso a uma droga fictícia chamada Dylar, um tratamento experimental para o terror da morte.

Este é o primeiro projeto do recente acordo de exclusividade do cineasta com a gigante de streaming para o desenvolvimento de novas produções durante os próximos anos, após o seu trabalho em “Marriage Story”, também protagonizado por Driver, filme que recebeu seis nomeações aos Óscares, incluindo duas para Baumbach (Melhor Realizador e Melhor Argumento) e a estatueta dourada de Melhor Atriz Secundária para Laura Dern.

Jodie Turner-Smith também está anunciada para o elenco do thriler de ação “Borderland “, a adaptação cinematográfica do videojogo, ao lado de Felicity Jones e John Boyega.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *