“Wonder Girl”: Mulher Maravilha brasileira da DC terá uma série live-action

Wonder Girl série live-action da The CW

Anunciada pela DC Comics em outubro como parte da linha da banda desenhada futurista “Future State”, a nova personagem Yara Flor, a Mulher Maravilha brasileira, será a protagonista de “Wonder Girl“, tornando-se a primeira super-heroína latina a protagonizar uma série televisiva live-action do Arrowverse, um projeto que está a ser desenvolvido pela The CW.

Dailyn Rodríguez (série TV ‘Rainha do Sul’ ) vai escrever uma história de origem de Yara Flor, personagem criada por Joëlle Jones, e exercerá como showrunner, uma série que será produzida pela Berlanti Productions, de Greg Berlanti.

A história irá acompanhar a indígena brasileira, filha de uma guerreira amazónica e de um Deus dos rios brasileiros, que descobre que é Wonder Girl. Com os poderes recém-descoberto, Yara Flor vai utilizá-los para combater as forças do mal que procuram destruir o mundo.

Future State será lançado em janeiro do próximo ano, trazendo versões mais jovens das icónicas personagens, e que, para além da aparição de Yara Flor, que sucederá à princesa Diana como Mulher Maravilha, bem como novas versões de Super-Homem, Batman e da Liga da Justiça. No entanto, as sagas serão completamente independente.

“Wonder Girl” irá juntar-se ao DC Universe da The CW, que inclui “Batwoman”, “Legends of Tomorrow”, “The Flash”, o futuro “Superman and Lois”, “Supergirl” e “Black Lightning.”.

Artigos relacionados