“Wonder Girl”: Série sobre heroína brasileira foi descartada pela The CW

The CW descartou série Wonder Girl

A The CW descartou oficialmente a produção de “Wonder Girl“, a série live-action que iria ser protagonizada pela nova personagem Yara Flor, a Mulher Maravilha brasileira, que faz parte da linha da banda desenhada futurista “Future State”, da DC Comics.

Dailyn Rodríguez (série TV ‘Rainha do Sul’), autora do argumento, confirmou via Twitter o cancelamento da série televisiva do Arrowverse e que seria a primeira a ser protagonizada por uma super-heroína latina.

A personagem criada por Joëlle Jones é descrita como uma indígena brasileira, filha de uma guerreira amazónica e de um Deus dos rios brasileiros, que descobre que é Wonder Girl. Com os poderes recém-descobertos, Yara Flor vai utilizá-los para combater as forças do mal que procuram destruir o mundo.

Future State foi lançado em janeiro e traz versões mais jovens das icónicas personagens. Para além da aparição de Yara Flor, que sucederá à princesa Diana como Mulher Maravilha, também apresenta novas versões de Super-Homem, Batman e da Liga da Justiça. No entanto, as sagas serão completamente independente.

O projeto estava para ser produzido pela Berlanti Productions, de Greg Berlanti, para integrar o Arrowverse da The CW, que inclui “Batwoman”, “Legends of Tomorrow”, “The Flash”, “Superman & Lois”, “Supergirl” e “Black Lightning”.

Artigos relacionados

Contribua com a sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *