Zac Efron e Russell Crowe em negociações para o filme “The Greatest Beer Run Ever”

Zac Efron e Russell Crowe no filme The Greatest Beer Run Ever

Segundo o Deadline, Zac Efron (The Beach Bum: A Vida Numa Boa) e Russell Crowe (Em Fúria) estão em negociações para integrar o elenco do próximo filme de Peter Farrelly, um projeto ainda sem título definido que a Skydance está a desenvolver, baseado no livro “The Greatest Beer Run Ever: A True Story of Friendship Stronger Than War”, de Joanna Molloy e John “Chickie” Donohue, publicado em 2017.

Como a notícia original não faz qualquer referência, o Collider avança com a notícia de que os dois atores estão a ser pretendidos para substituírem Dylan O’Brien (Maze Runner: Cura Mortal) e Viggo Mortensen (Falling – Um Homem Só), que estavam anunciados para o projeto que agora a Apple Studios está a negociar para o financiar. A publicação adianta também que Bill Murray (Os Mortos Não Morrem) está a ser cortejado para um papel secundário.

Se chegarem a acordo, Efron irá interpretar Donohue, um dos autores do livro, que deixou Nova Iorque em 1967 apenas para partilhar algumas cervejas com os seus amigos de infância que na altura estavam ao serviço do exército durante a Guerra do Vietname. Crowe irá provavelmente retratar um repórter da guerra do Vietname que conhece Chickie num bar de Saigon, e que o esclarece sobre a verdade da guerra e como o povo americano foi enganado.

Para Murray, há quem já faça previsões de que poderá interpretar uma personagem conhecido como The Colonel, um veterano da Segunda Guerra Mundial e barman local, que colocou na cabeça de Chickie a ideia de levar as cervejas.

Farrely deverá começar a rodar o novo filme em agosto na Austrália ou na Nova Zelândia, onde a pandemia de Covid-19 não está tão ramificada como nos EUA, sendo a primeira produção cinematográfica que irá dirigir depois do aclamado e premiado “Green Book – Um Guia Para a Vida” que recebeu cinco nomeações para os Óscares e saiu da gala com três estatuetas douradas, incluindo as de Melhor Filme e Argumento Original, ambos para Farrely e a de Melhor Ator Secundário para Mahershala Ali.

Artigos relacionados